A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

12/11/2017 11:12

Quem depende de ônibus saiu até 3h antes para não perder provas

Osvaldo Júnior e Kleber Clajus
Movimento no terminal Bandeirantes neste domingo; bia parte dos passageiros é formada por candidatos do Enem (Foto: Paulo Francis)Movimento no terminal Bandeirantes neste domingo; bia parte dos passageiros é formada por candidatos do Enem (Foto: Paulo Francis)

Para não serem surpreendidos com eventuais atrasos dos ônibus, estudantes que usam o transporte coletivo saíram cedo de casa. Além de possíveis contratempos, a precaução é exigida pela distância entre os bairros dos candidatos e os locais das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Entre os estudantes prevenidos, está Sammelly Martinez, 19 anos. Ela conta que saiu de casa às 9h, ou seja, três horas antes de fecharem os portões. "Eu moro no [bairro] Nova Campo Grande e vou fazer as provas no Tarumã", detalhou a candidata, que presta o Enem pela terceira vez na tentativa de realizar o sonho de cursar Farmácia. 

Sammelly avalia positivamente a mudança desta edição quanto a realização das provas em dois domingos. "Ficou melhor, porque deu mais tempo para revisar o conteúdo", comentou. 

Na primeira fase do Enem, a estudante foi de Uber. Desta vez, decidiu usar ônibus, mas saindo de casa com três horas de antecedência. Além disso, estava portando três canetas pretas por precaução.

A candidata Bruna Pereira Barcelos, 21 anos, técnica em Biblioteca também é precavida. Como precisou sair do bairro Zé Pereira para chegar a uma escola do Portal Caiobá, a estudante se antecipou em três horas. "Na primeira fase, o ônibus atrasou e quase perdi as provas. Tive que correr, porque o portão já estava fechando. E eu tinha olhado o horário no ônibus na internet", lembrou. 

Preocupada com as provas de exatas, especificamente a de Matemática, Bruna está ansiosa e esperançosa. "É a primeira vez que presto o Enem", disse a estudante que, no ano que vem, pretende estar em alguma universidade, cursando Administração ou Economia. 

Bruna mora no bairro Zé Pereira e saiu cedo para não perder horário (Foto: Paulo Francis)Bruna mora no bairro Zé Pereira e saiu cedo para não perder horário (Foto: Paulo Francis)
Sammelly foi de Uber da primeira vez e, neste domingo, de ônibus (Foto: Paulo Francis)Sammelly foi de Uber da primeira vez e, neste domingo, de ônibus (Foto: Paulo Francis)

Ausentes – Na semana passada, 33.413 não compareceram ou chegaram atrasados aos locais das provas. O número corresponde a 36,2% dos 92,3 mil inscritos. Essa parcela é a terceira maior do País, superada apenas pelos números do Amazonas (39,3%) e Roraima (36,4%). Em todo país, estiveram ausentes 2 milhões de pessoas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions