A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

23/11/2017 08:23

Praça abandonada onde homem foi morto é ponto de usuários de drogas

Crime foi registrado por volta das 3h desta quinta-feira (23), na Praça 26 de Agosto, na Avenida Bandeirantes, no Bairro Amambaí

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Roupas, provavelmente de usuários de drogas, jogadas em praça que está abandonada (Foto: Bruna Kaspary) Roupas, provavelmente de usuários de drogas, jogadas em praça que está abandonada (Foto: Bruna Kaspary)

A praça 26 de Agosto, que fica na Avenida Bandeirantes com a Rua Paissandu, no Bairro Amambaí, virou ponto de encontro de dependentes químicos e moradores de rua, de acordo com vizinhos do entorno. Por volta das 3h desta quinta-feira (23), um homem identificado apenas como 'Afonso' foi encontrado morto no local com ferimentos no pescoço causados por caco de vidro.

A agente de saúde Vilma Batista dos Reis, 50 anos, reclama da insegurança dos moradores e de quem passa pela via por causa da aglomeração de dependentes químicos no espaço, que está abandonado com mato alto e calçada quebrada. 

Compartilha da mesma opinião o protético Cleiton Vinícius Martinez, 29 anos. Ele trabalha em uma clinica próximo à praça e reclama da situação. “Eles também ficam no ponto de ônibus. Dia desses, tentaram roubar o carro de um dos funcionários. Depois disso, nunca mais estacionei próximo ao trabalho. Agora deixo o meu carro um pouco mais longe, mas em local seguro”, conta.

Segundo Cleiton, é comum ver os abrigados do Cedami (Centro de Apoio aos Migrantes), que fica próximo dali, na praça. “Antes da polícia estourar a boca de fumo, que ficava aqui na redondeza, o movimento de dependentes químicos era muito maior”, diz.

Violência - Homem identificado por uma testemunha apenas como Afonso foi encontrado morto, na praça, com ferimentos provocados por caco de vidro, por volta das 3h desta quinta-feira (23).

Conforme boletim de ocorrência, testemunhas relataram que a vítima teria se envolvido em uma briga. No corpo dele, foram encontradas lesões na região do pescoço, provavelmente causadas por uma garrafa de vidro. A vítima que não portava documentação foi levada para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). Por enquanto não há informação sobre a motivação e autoria do crime.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions