ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Prefeito diz que vai à Justiça contra sindicato e greve ilegal em creches

Por Aline dos Santos | 07/12/2016 07:47

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), pode ir à Justiça contra o sindicato pela greve nos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) nesta quarta-feira (dia 7).

Conforme Bernal, o quinto dia útil para pagamento dos trabalhadores é hoje, e, portanto, não há atraso.

Em entrevista ao jornal Bom Dia MS, da TV Morena, ele disse que depositou ontem o salário para os servidores e que vai fazer o repasse para os demais.

O prefeito afirmou que pretende responsabilizar o sindicato e que a greve é ilegal. Campo Grande tem 99 Ceinfs.

Bernal voltou a falar "caos", culpou a "Coffee Break", operação que denunciou políticos e empresários por corrupção na prefeitura de Campo Grande, e prometeu ir à Justiça para criminalizar o sindicato pela greve. 

O prefeito ainda declarou que pode substituir os grevistas, que são terceirizados, por servidores.

A medida seria tomada no fim da sua gestão. Uma decisão judicial obriga o poder público a demitir os terceirizados. O prazo era até janeiro, mas a prefeitura conseguiu prorrogar por mais seis meses.

Nos siga no Google Notícias