A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/03/2011 11:07

Prefeito percorre cidade e prepara decreto de situação de emergência

Marta Ferreira
Prefeito percorreu trechos onde a chuva provocou estragos, como na avenida Ernesto Geisel. Prefeito percorreu trechos onde a chuva provocou estragos, como na avenida Ernesto Geisel.

O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), aproveitou a abertura de sol esta manhã em Campo Grande e percorreu vários pontos da cidade onde houve estragos após uma semana contínua de chuvas Ele deve decretar situação de emergência e para isso está apenas aguardando relatórios da Defesa Civil e da Secretaria de Infraestrutura.

Segundo o secretário de Governo, Rodrigo Aquino, o decreto de situação de emergência deve sair ainda esta semana.

Conforme Aquino, o prefeito nesta manhã foi até o bairro Nova Lima, onde a força das águas abriu uma erosão na rua Marquês de Herval, percorreu ruas do bairro Santo Antônio, onde moradores sofreram com alagamentos de suas residências e andou pela Via Morena, que também teve estragos. O prefeito também esteve na avenida pela Ernesto Geisel, que teve desmoronamento nos paredões do córrego Segredo.

A assessoria de imprensa da Prefeitura divulgou que está sendo preparada, para a segunda quinzena, “uma importante intervenção para recuperar totalmente a cidade”.

Conforme divulgado, serão ações de cascalhamento nos bairros mais atingidos, lama asfáltica nos pontos onde esta medida se fizer necessária e reposição do asfalto em trechos críticos e de grande volume de tráfego.

“Sem chorar pelo leite derramado, já estamos arregaçando as mangas para reconstruir a cidade após este período de chuvas contínuas”, afirmou o prefeito, segundo a assessoria.” Toda a nossa equipe está nas ruas, analisando os estragos, para traçarmos uma estratégia que recupere de forma rápida e eficaz todos os danos causados. Estamos trabalhando”, disse o prefeito.



Temos que ficar de olho no poder público, mas reconhecer que, junto às chuvas e aos já conhecidos e comprovados problemas de infra-estrutura, há também a dificuldade de escoamento de ágoa pelas galerias pluviais e bocas de lobo. O que motiva isso? Lixo. O nosso lixo, a ponta de cigarro que jogamos aqui, um sofá que alguém joga no córrego (incrível como gostam de jogar geladeira, sofá e tv velha em córrego). Quando isso tudo se soma aos fatores ambientais e de estrutura, dá o problema que deu. Se estamos cobrando do Prefeito, também devemos cobrar de nós mesmos a nossa parte, e não ficar só no mimimi, reclamando.
 
Eduardo Furtado em 09/03/2011 11:22:41
Cascalhamento? Lama asfáltica? Reposição de asfalto?
Em um plano para contenção de enchentes, drenagem e galerias pluviais ninguém fala né?!
 
Célio Mota em 09/03/2011 09:25:02
Será que esta esmpresa que efetua os "tapa buraco" esta fazendo de forma correta? Porque alem do asfalto ser uma M............. HELLOOOOOOO GENTE FECHAR BURACO EM DIA DE CHUVA...........É So pra se aparecer mesmooooooooo........o asfalto dessa cidade já é péssimo ainda fazem isso com chuva? NO MINIMO RÍDICULO.................
 
Daniela Oliveira em 09/03/2011 08:38:49
Huuummmm!!!
Porque o asfalto no Japão sofre com terremoto e não racha facilmente?
Porque o asfalto dos EUA sofrem com os tornados e não soltam pedaços facilmente?
Porque o asfalto de CG, quiçá do Brasil, racha e solta pedaços na primeira enxurrada?
Mas o que podemos fazer sobre isso? Já sei!
Vamos adotar um buraco do asfalto da cidade... seja novo ou velho... com aquele remendo mal feito ou esquecido... Vamos lá... deixe de ser orgulhoso, visite um buraco no asfalto da cidade e jogue um pouco de terra pra alimentar ele...
Campanha: Deixe o computador e coloque terra num buraco do asfalto de Campo Grande!
 
Antônio Marcos Alencar em 09/03/2011 01:08:17
Vossa Excelência Nelson Trad Filho estava com medo de se molhar.
Uma semana de chuva e ele só falou do incêndio na prefeitura e mais nada.
 
Luciano S. em 08/03/2011 12:55:08
estive com o prefeito percorrendo o bairro nova lima, onde as constantes chuvas devastaram quase todas as ruas do bairro, tem uma erosao gigante ameacando muitas casas onde varias familias serao desalojadas, tem muita fe em deus, que a nossa cidade sera recuperada, a rua alberto da veiga aqui no nova lima pede socorro, prefeito olha por nos, governador nos ajude.. estamos juntos nessa.. avante.
 
carlos augusto borges em 08/03/2011 12:09:03
Agora vão colocar a culpa em São Pedro... Coitadinho dele... Deve ter sido ele que não fez o dever de casa na hora certa....
 
JOÃO ANDRÉ em 08/03/2011 11:47:38
se o sol não saisse ele não percorreria a cidade????????.
 
nilo maciel em 08/03/2011 11:29:24
Sr. prefeito está na hora de pensar em obras mais duradouras que acabem ou pelo menos amenizem os estragos da chuva, moro na região da coophasul e a cada duas semanas em média acontece a operação tapa buraco, com todo o dinheiro que ja foi gasto daria para fazer a drenagem das aguas pluviais e o recapeamento do asfalto!
 
ROSALICE G, T. MACHADO em 08/03/2011 11:27:28
Ja que o sr.prefeito foi visitar os bairros para ver a situaçao do asfalto,ve se dessa vez o asfalto seja feito com mais lama asfaltica e não com casquinha de asfalto.Ja que pagamos o imposto mais caro do Brasil,vê se gasta o dinheiro dos impostos na melhoria das ruas de Campo Grande.Não é ano eleitoral para vim com mais promessas de melhorias,estamo de olho no srrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
 
claudio costadele em 08/03/2011 10:18:14
Campo Grande está ficando difícil. A situação é complicada devido a falta de planejamento da prefeitura. É incrível a facilidade de começar algo e não terminar, sempre colocando a culpa nas chuvas. A avenida Ernesto Geisel é um exemplo. Todo o trabalho realizado anos atrás foi literalmente "por água abaixo", pois não foi concluído. O asfalto da cidade é de dar vergonha. Tem que para de fazer asfalto novo e cuidar do velho. O centro e as principais vias da cidade, com raras exceções, como a rua Ceará, estão em péssimo estado. Mesmo antes das chuvas, a situação já era caótica. O pavimento parece uma colcha de retalhos de tantos buracos tapados, muitos abertos pela Águas Guariroba, MS Gás e por aí vai. Qualquer cidade decente tem um projeto de recapeamento das vias. Estamos passando por um processo de "cuiabanização" da nossa cidade. ACORDA PREFEITO. NOSSO IPTU É UM DOS MAIS CAROS DO PAÍS, PRECISAMOS DE SERVIÇOS DIGNOS.
 
FABIO TURQUE em 08/03/2011 08:58:52
Isso que dá fazer tudo mau feito e nas coxas...
 
Rafael Cruz em 08/03/2011 05:08:09
Admiro-me, esta visita do Senhor Prefeito aos bairros de Campo Grande, com a diminuição das chuvas no dia de hoje, já que o pb é estrutural, não apenas, pq está chovendo. Mesmo quando não chove o asfalto de Campo Grande é de péssima qualidade, se é que podemos chamar de asfalto isso. Moro na região do grande Santo Amaro, a rua que passa pela lateral do cemitério Santo Amaro é péssima esse tal de tapa buraco, fica muito pior que os buracos por causa da trepidação, aja amortecedores para aguentar. Percebemos o descasso das autoridades constituídas com relação ao retorno que deveríamos ter por pagarmos os nosso impostos. Vou fazer minhas as palavras de um leitor do Campo Grande news a alguns dias "No Japão o asfalto é feito para 100 anos, em Campo Grande até a próxima chuva".
 
Joicemara dos Santos Cintra em 08/03/2011 03:44:47
PREFEITO NELSINHO FAZ UMA VISITA NO VIADUTO DA UFMS ELE ESTÁ CAINDO NA PARTE INFERIOR ONDE TRAFEGAN VEÍCULOS SENTIDO CENTRO BAIRRO,MEU TRAJETO É DIÁRIO POR ALI E ESTOU COM MEDO DE PASSAR POR DEBAIXO DELE PQ A QUALQUER MOMENTO VAI CAIR E TORNAR-SE UMA TRAGÉDIO PQ ALÉM DISSO ÔNIBUS TAMBÉM PASSA POR ALI...SOCORREM NOS O QUANTO HÁ TEMPO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!TEM QUE INTERDITAR URGENTEEEEEEEEEEEEEEEEE ALI !!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
DANIELLA SAMPAIO DUTRA em 08/03/2011 01:09:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions