A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/05/2015 18:11

Prefeitura distribui panfleto com erro ortográfico em escolas

Antonio Marques
Panfleto entregue nas escolas com erro ortográfico com a logomarca da Prefeitura (Foto: Divulgação)Panfleto entregue nas escolas com erro ortográfico com a logomarca da Prefeitura (Foto: Divulgação)
Folder atualizado distribuído pela equipe de Educação e Saúde do CCV nas escolas (Foto: Divulgação)Folder atualizado distribuído pela equipe de Educação e Saúde do CCV nas escolas (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Campo Grande distribuiu panfletos de prevenção à dengue nas escolas da Capital com erro ortográfico. Com o título “Como Previnir”, em vez de “prevenir”, o material foi entregue a alunos do colégio Harmonia, que observaram o equívoco e enviaram à redação do Campo Grande News. O mais estranho é que na Prefeitura ninguém sabe quem produziu o material.

Segundo a assessoria de Comunicação do Município, o panfleto não foi feito pela secretaria de Saúde, Educação e nem pela própria Comunicação, mesmo ele contendo a logomarca da Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Para o professor e doutor em Educação Antônio Osório, da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), esse tipo de erro ortográfico pode passar despercebido por 90% das pessoas, considerando a “enxurrada de novas escritas e novas formas de vocabulários e linguagens” que estão surgindo nos últimos anos, com o avanço das novas tecnologias.

Segundo ele, as pessoas estão mais preocupados com o significado e não mais com o conceito da escrita, o que ele “lastima muito. Afinal de contas, qual o caminho vamos tomar”, questiona o professor. Mesmo com essas mudanças da atualidade, Osório defende que uma instituição que atua na governabilidade da Educação de uma sociedade deveria dar o exemplo, jamais trabalhar pela desconstrução do saber.

Prevenção à dengue – a Prefeitura está realizando diversas ações de prevenção à dengue na Capital, que vai da visita dos agentes de saúde aos bairros com maior incidência de casos da doença à campanha nas escolas, com apresentação de palestras às crianças e distribuição de panfletos.

Campo Grande está entre os 30 primeiros municípios com alta incidência de casos de dengue em Mato Grosso Sul. De janeiro até maio já são 4.297 notificações e 1.039 casos confirmados, com o registro de 1 óbito confirmado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

De acordo com ex-coordenador da equipe de Educação e Saúde do CCV (Centro de Controle de Vetores) de Campo Grande, Mauro Lúcio, os agentes do órgão já teriam visitados pelo menos 60 escolas realizando o trabalho de prevenção. Mas ele afirmou que o folder distribuído foi atualizado, incluindo a prevenção a febre Chikungunya e disse desconhecer panfleto com erro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions