A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/09/2016 18:50

Prefeitura é contestada por comprar milhares de lâmpadas de LED chinesas

Contêineres estão no pátio da Seinthra, mas não há registros oficiais publicados sobre a aquisição

Chloé Pinheiro
Lâmpadas têm engenharia dinarmaquesa, mas foram fabricadas na China. (Foto: Direto das ruas) Lâmpadas têm "engenharia dinarmaquesa", mas foram fabricadas na China. (Foto: Direto das ruas)
Contêineres estão no local com milhares de lâmpadas chinesas (Foto: Alcides Neto)Contêineres estão no local com milhares de lâmpadas chinesas (Foto: Alcides Neto)

Dez contêineres repousam no pátio da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), no Jardim Monumento, em Campo Grande, nesta sexta-feira (2). Dentro deles, uma carga ainda não contabilizada de lâmpadas de LED oriundas da China. 

As lâmpadas são identificadas com etiquetas nas caixas que indicam que elas são para iluminação pública. A descoberta já chamou a atenção da Câmara Municipal. "Essa compra foi feita sem licitação, não sabemos de onde veio e nem a qualidade. Como que a Prefeitura pode comprar algo desta maneira?", questiona o vereador Edil Albuquerque (PTB), autor de projeto que suspendeu a cobrança da taxa de iluminação pública na cidade por seis meses. 

A reportagem esteve na Seintrha nesta sexta-feira e tentou contato pessoalmente e por telefone com o secretário, Amilton Cândido, mas não foi atendida. Os funcionários também não souberam dizer quando chegou o carregamento.

Em fotos recebidas pela redação do Campo Grande News é possível ver que as lâmpadas tem 40W de potência e são da empresa HeSaLight, que é dinamarquesa. Os produtos, entretanto, são de fabricação chinesa. "Compras desta maneira devem ser feitas com projetos explicando onde serão instaladas e com especificação técnicas", aponta Edil. 

Outras informações dão conta de que as lâmpadas começariam a ser testadas já na segunda-feira, na região das Moreninhas.

Caixas com as lâmpadas que estariam dentro dos contêineres na Seintrha (Foto: Direto das Ruas)Caixas com as lâmpadas que estariam dentro dos contêineres na Seintrha (Foto: Direto das Ruas)

Histórico - A descoberta misteriosa acontece dois dias depois de a Prefeitura anunciar a adesão a uma licitação de mais de R$ 30 milhões em lâmpadas de LED feita na modalidade registros de preços por pregão presencial, realizada pela AMMESF (Associação dos Municípios da Bacia Média do São Francisco), que reúne cidades por onde corre o Rio São Francisco.

Em fevereiro deste ano, o secretário de Planejamento, Finanças e Controle da Capital, Disney de Souza Fernandes afirmou que a Prefeitura tinha planos de comprar lâmpadas de led para substituir as atuais a um custo de R$ 2,5 milhões. A transação seria paga com o dinheiro da Cosip (Contribuição Para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública).

Não há informações, entretanto, de que haja relação entre os dois fatos e o carregamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions