A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/08/2015 12:48

Prefeitura erra na folha de pagamento e deixa enfermagem sem salário

Ricardo Campos Jr.

Vários profissionais da enfermagem lotados em postos de saúde de Campo Grande receberam salários irrisórios e outros sequer tiveram holerite nesta sexta-feira (7), data do pagamento para a primeira faixa salarial escalonada pelo município. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informa, por meio de nota, que houve falha no processamento da folha e a situação será corrigida.

Segundo o órgão, o problema ocorreu por conta do desconto nos dias em que a categoria esteve em greve. A previsão é que o dinheiro esteja disponível no começo da semana que vem, quando será feita uma folha suplementar.

A situação gerou desconforto entre os servidores. Uma técnica de enfermagem de 35 anos, que pediu para não ter a identidade divulgada, teve o salário zerado mesmo tendo comparecido à unidade durante a paralisação.

“Nós viemos, cumprimos todo o expediente e assinamos a folha de ponto, mas só atendíamos os casos graves. Eles deram como faltas injustificadas. Houve pessoas que ficaram doentes durante o movimento e pegaram atestados, mas ainda assim não pagaram. Estão todos arrasados”, afirma.

Ela comenta ainda que nem os plantões feitos nas unidades 24 horas foram pagos e está preocupada com o atraso nas contas.

Um técnico de enfermagem de 30 anos está com o mesmo dilema. “Eu tenho pensão, aluguel, parcela do carro e empréstimo para pagar, sem contar outras pendências. Tem casais que trabalham na área da saúde e não receberam, vão passar fome esse mês”, pontua.

Os trabalhadores estão descrentes sobre a informação divulgada pela prefeitura sobre a folha complementar. Eles dizem ter ligado no setor correspondente ao pagamento e foram informados que os holerites zerados por conta da greve não seriam pagos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions