ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Prefeitura leva vacinação contra gripe às escolas após baixa procura

De 57.428 crianças de 6 meses a menores de 5 anos, apenas 15,94% estão imunizadas

Por Mirian Machado | 20/05/2022 12:06
Segundo dados do Serviço de Imunização da Sesau divulgados nesta sexta-feira, apenas 9.153 crianças tomaram a vacina contra a gripe. (Foto: Divulgação)
Segundo dados do Serviço de Imunização da Sesau divulgados nesta sexta-feira, apenas 9.153 crianças tomaram a vacina contra a gripe. (Foto: Divulgação)

Até o momento, segundo a Prefeitura Municipal de Campo Grande, apenas 15,94% das crianças de 6 meses a menores de 5 anos estão imunizadas contra a gripe. Por conta da baixa procura, já que a população estimada desse público é de 57.428, os trabalhos de vacinação foram levados para escolas da Reme (Rede Municipal de Educação).

O trabalho é coordenado e executado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e segue um cronograma pré-estabelecido entre a pasta e a direção das escolas. A vacina da influenza protege contra a H1N1, H2N3 e influenza B.

Segundo dados do Serviço de Imunização da Sesau divulgados nesta sexta-feira (20), apenas 9.153 crianças tomaram a vacina.

O cenário é preocupante, segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Veruska Lahdo, porque as crianças, assim como os idosos, são mais vulneráveis a quadros de síndromes gripais podendo ocasionar, inclusive, o óbito.

“São aproximadamente 48 mil crianças que ainda não se vacinaram. É um número muito expressivo, considerando que nós já estamos praticamente a dois meses em campanha. Por isso, nós conclamos aos pais e responsáveis para que procurem um ponto de vacinação mais próximo. A vacina é uma das formas mais seguras e eficientes de prevenção, destaca.

Veruska destaca ainda que a vacina disponível no SUS foi atualizada e é eficaz contra o vírus da H3N2, que circulou no ano passado e infectou tantas pessoas antes mesmo do período mais crítico de contágio por vírus respiratórios.

Segundo a Sesau, as maiores coberturas então entre os trabalhadores da saúde e os idosos, com 39,26% e 36,69%, respectivamente. Dentre os trabalhadores da saúde, 11.668 pessoas buscaram a vacina de um público estimado em 29.721. Já os idosos, foram 47.201 de uma população de 128,6 mil. O total geral entre os públicos prioritários é de 25,15%.

A meta é atingir 90% de cobertura dos públicos prioritários estimados em aproximadamente 295,2 mil pessoas. Desde o dia 16 de maio, a vacinação contra a gripe está liberada.

O imunizante está disponível em todas as unidades de saúde do Município, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e de 13h às 16h45, e aos sábados, domingos e feriados, conforme cronograma da Sesau.

Devem se vacinar os idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas até 45 dias pós-parto, caminhoneiros, população indígena, profissionais das forças armadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, trabalhadores da educação, trabalhadores do serviço rodoviário de transporte de passageiros, população com deficiências permanentes, população com comorbidades, profissionais do sistema penitenciário, profissionais portuários, população privada de liberdade e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.

Nos siga no Google Notícias