A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/09/2014 10:31

Prefeitura mantém geradores e moradores acabam com protesto na Enersul

Aliny Mary Dias
Moradores afirmaram que iriam passar a noite em protesto, mas desistiram após promessa (Foto: Marcelo Calazans)Moradores afirmaram que iriam passar a noite em protesto, mas desistiram após promessa (Foto: Marcelo Calazans)

Depois de mais de 12 horas de protesto em frente à sede da Enersul, na saída para São Paulo, os moradores da favela Cidade de Deus deixaram o local na noite de ontem (15) depois de a permanência dos geradores emprestados pela prefeitura ter sido extendida até a próxima sexta-feira (19).

Uma das moradores e líderes do grupo que participou do protesto, Marina Santos, explica que depois de uma nova reunião com representantes da concessionária de energia e da prefeitura, na tarde de ontem, ficou definido que os dois geradores cedidos pela prefeitura ficará na região até a próxima sexta e em razão disso o protesto foi suspenso.

“Nós saímos ontem a noite mesmo e a prefeitura disse que o gerador vai ficar na comunidade até que eles resolvam o impasse com a Enersul”, diz.

Reunião - Após sair da reunião com a Enersul sem acordo, a Prefeitura de Campo Grande pediu mais cinco dias para devolver a energia elétrica às 800 famílias da favela Cidade de Deus, no Bairro Dom Antônio Barbosa.

Secretário de Governo, Rodrigo Pimentel frisou ainda que o problema vem se arrastando há dois anos e não tem como o prefeito, que assumiu há seis meses, resolver “de uma hora para outra”. “Não é só a demanda da energia para resolver, é preciso dar terreno e estrutura em outro local, porque onde estão é área invadida e de preservação ambiental”, emendou.

O plano da prefeitura é conseguir, em 90 dias, terreno para abrigar as 800 famílias, fechar convênio com o Governo Federal para conseguir kits de material de construção e montar estrutura de água e luz no novo local.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions