A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/09/2014 09:16

Contra corte de luz, moradores de favela acampam em frente da Enersul

Leonardo Rocha e Aliny Mary Dias
Moradores da Cidade de Deus estão na frente da Enersul em protesto contra corte de luz na favela (Foto: Marcelo Calazans)Moradores da Cidade de Deus estão na frente da Enersul em protesto contra corte de luz na favela (Foto: Marcelo Calazans)
Moradores reclamam que falta de luz estragou alimentos e famílias estão sem comida (Foto: Marcelo Calazans)Moradores reclamam que falta de luz estragou alimentos e famílias estão sem comida (Foto: Marcelo Calazans)

Cerca de 100 moradores da Cidade de Deus estão acampados em frente a sede da Enersul, na saída para São Paulo, desde às 7h da manhã. Eles foram até o local protestar contra o corte de energia elétrica na favela, que no momento está com luz em função da entrega de dois geradores no último sábado (13), pela prefeitura de Campo Grande.

No local estão famílias inteiras com cadeiras, cartazes e até cobertores. A Enersul fez um cordão de isolamento e muitos funcionários da empresa estão do lado de fora, sem poder adentrar nas dependências. Existe também uma fila de carros (funcionários) que estão parados na frente esperando autorização para entrar, o que está deixando o trânsito lento nas mediações.

Um dos representantes dos moradores, Rodrigo Santos, 29 anos, afirmou que a prefeitura prometeu negociar com a Enersul nesta segunda-feira (15), portanto eles estão a espera de uma definição sobre a situação.

"Muitos moradores perderam alimentos e famílias estão sem comida, o pessoal da Enersul falou que temos que resolver com o prefeito, então queremos a presença dele ou do seu braço direito aqui no local", afirmou ele.

A moradora Greicieli Vitório, 24, afirmou que o grupo está pronto para ficar o tempo que for preciso no local, já que estão em busca de uma solução para este impasse. Eles afirmam que os geradores repassados pela prefeitura ficariam até hoje e que o objetivo é religar a luz elétrica na Cidade de Deus.

Situação - O prefeito Gilmar Olarte (PP) repassou aos moradores no sábado dois geradores de energia, que foram doados por empresários, já que os moradores da Cidade de Deus, localizado no bairro Dom Antônio Barbosa, estavam sem energia elétrica desde quinta-feira.

Ele afirmou nesta ocasião que o novo grupo de diretores da Energisa, que assumiram o controle da Enersul, não demonstraram boa vontade para religar a energia na favela. O prefeito inclusive ponderou que estava preparando uma representação contra concessionária de energia elétrica e deve acionar a justiça nesta semana.

Protesto deixa funcionários para fora da empresa, o trânsito está lento nas mediações (Foto: Marcelo Calazans)Protesto deixa funcionários para fora da empresa, o trânsito está lento nas mediações (Foto: Marcelo Calazans)
Representantes dos moradores querem a presença do prefeito para resolver a situação com a Enersul (Foto: Marcelo Calazans)Representantes dos moradores querem a presença do prefeito para resolver a situação com a Enersul (Foto: Marcelo Calazans)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions