A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/12/2014 17:04

Prefeitura pagou R$ 478 mil a quatro empresas pela decoração de Natal

Edivaldo Bitencourt
Árvore de Natal montada nos altos da Avenida Afonso Pena (Foto: Alcides Neto/arquivo)Árvore de Natal montada nos altos da Avenida Afonso Pena (Foto: Alcides Neto/arquivo)

A Prefeitura Municipal de Campo Grande contratou quatro empresas e investiu R$ 478 mil na decoração especial de Natal deste ano, conforme os contratos publicados ontem no Diário Oficial. O valor não inclui a colocação das luzes na Rua 14 de Julho nem as parcerias realizadas pelo prefeito Gilmar Olarte (PP) para colocar a Capital no clima de fim de ano.

Só a remodelagem do cenário da Cidade do Natal, que ganhou uma iluminação especial para receber o Papai Noel, teve dois contratos. A Empresa Pavitec Construtora recebeu R$ 147,6 mil para remodelar o cenário da Cidade de Natal. Já a Selco Engenharia cobrou R$ 112,44 mil para ceder o material e implantar a iluminação especial na Cidade do Natal.

O terceiro contrato foi firmado com a Empresa Diferencial Engenharia, que recebeu R$ 107,2 mil para fazer a decoração especial do Paço Municipal, onde fica o gabinete do prefeito.

O quarto contrato foi para a construção do cenário e iluminação especiais na Praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande. A Empresa José Geraldo Ribeiro Coura cobrou R$ 110,7 mil para instalar o presépio e o show de luzes no espaço. Para receber a decoração especial, o espaço ficou fechado por duas semanas.

Além destes quatro contratos, a Prefeitura da Capital realizou uma iluminação especial na Avenida Afonso Pena, onde cada poste ganhou oito fios de iluminação especial. A Rua 14 de Julho, no coração do comércio da Cidade Morena, também recebeu uma decoração com luzes de lead neste ano.

Cidade do Natal teve decoração especial e conta até com neve (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Cidade do Natal teve decoração especial e conta até com neve (Foto: Alcides Neto/Arquivo)
Praça Ary Coelho teve decoração ao custo de R$ 110,7 mil (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Praça Ary Coelho teve decoração ao custo de R$ 110,7 mil (Foto: Alcides Neto/Arquivo)
Afonso Pena entrou no clima de fim de ano com iluminação especial (Foto: Alcides Neto)Afonso Pena entrou no clima de fim de ano com iluminação especial (Foto: Alcides Neto)
Prefeitura disponibiliza ônibus do Shopping à Cidade do Natal
A Prefeitura de Campo Grande, através da Agetran (Agência Municipal de Trânsito) irá disponibilizar uma linha especial de transporte coletivo para fa...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


Enquanto isso os moradores da Cidade de Deus são rechaçados de seus barracos para um terreno que nem barracos têm. Meu nobre “povo feliz” da Cidade de Deus, vamos ocupar a Cidade do Natal, pois a verba utilizada para decorar a Av. Afonso Pena daria para construir bem mais que barracos para suas crianças.
A quem recorrer?
O próprio judiciário saiu de seu enclausurado gabinete para confirmar o óbvio: “os barracos da cidade de deus” não apresentam condições mínimas de sobrevivência.
O que impressiona é que, covardemente, o representante da nossa "injustiça brasileira" veio a público dizer que um terreno às margens de um presídio será melhor para aquelas crianças... melhor se ficasse calado!
 
TOYOSHI SATO em 12/12/2014 17:46:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions