A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/07/2012 12:31

Prefeitura recebeu mais de 10 pedidos para adoção do Scooby, diz Trad

Fabiano Arruda
Prefeito Nelsinho Trad voltou a afirmar que cachorro segue tratamento de ferimentos. (Foto: Minamar Junior/arquivo)Prefeito Nelsinho Trad voltou a afirmar que cachorro segue tratamento de ferimentos. (Foto: Minamar Junior/arquivo)

A Prefeitura de Campo Grande recebeu mais de dez pedidos de adoção do cão Scooby, que ficou conhecido após ser amarrado em uma moto e arrastado até o CCZ (Centro de Controle de Zooonoses).

A informação é do prefeito Nelsinho Trad (PMDB), que concedeu entrevista durante agenda pública no Sebrae nesta manhã.

O prefeito voltou a comentar que o cachorro ainda está sendo tratado para depois ser submetido a novos exames, além de reforçar que “não trabalha” com a possibilidade de sacrificar o animal.

Trad destacou que a Prefeitura segue os protocolos do Ministério da Saúde e que Scooby não oferece riscos à saúde da população.

Ele não acredita que o caso do cachorro mude as políticas de eutanásia do CCZ (Centro de Controles de Zoonoses). “Todo animal em que o dono se opõe (eutanásia) e assume as responsabilidades (pelo não sacrifício). Isto é rotina no CCZ”, explicou, acrescentando que as políticas de enfrentamento à leishmaniose seguem inalteradas.

“Temos que repudiar os maus tratos a animais e punir os responsáveis”, completou.

Scooby - As discussões sobre a eutanásia em animais com suspeita de leishmaniose ganharam espaço após o caso do cão Scooby, que apresentou sintomas da doença.

Arrastado pelo dono em uma moto por quatro quilômetros, ele virou tema de petição popular eletrônica em que os participantes pedem para que o cão não seja sacrificado.

A inforamação é que Scooby permanece no CCZ para onde foi levado após sofrer as agressões. O dono alegou que o animal estava com sintomas de leishmaniose e que só o amarrou à moto para levar até o local porque havia chamado e o Centro não havia enviado equipe ao local.

Após a repercussão do caso, o prefeito anunciou o projeto para implantação de um pronto-socorro veterinário no CCZ.



Gostaria de saber como faço para entrar com pedido de adoção, do cãozinho scooby, pois adoro cachorro e gostaria muito de adota-lo.
 
elizeu figueira da silva em 22/08/2012 07:10:48
Se existe tratamento a baixo custo é só oferecer e esclarecer a população,não é só o Scooby, os outros animais merecem viver e serem tratados com dignidade. Quem sabe se este hospital veterinário se transformar em realidade a populaçáo pode tratar de seus animais em vez de mata-los. Todos saem ganhando, principalmente os animais que são os inocentes em tudo isso e acabam pagando com a própria vida
 
Isabel Aparecida Lana em 21/07/2012 03:11:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions