A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/08/2015 15:22

Prefeitura sinaliza proposta e tenta acordo com médicos para por fim a greve

Michel Faustino
Representantes dos médicos se reuniram com o secretário de saúde Jamal Salem na manhã de hoje. (Foto: Divulgação)Representantes dos médicos se reuniram com o secretário de saúde Jamal Salem na manhã de hoje. (Foto: Divulgação)

O secretário municipal de Saúde, Jamal Salem, se reuniu na manhã de hoje (20) com representantes dos médicos para tentar chegar a um acordo afim de encerrar a greve que teve início no último sábado (15). Segundo o secretário, alguns indicativos foram apresentados e serão levados a assembleia da categoria que acontece amanhã, a partir das 13h, na sede do Sinmed-MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul).

“Esperamos conseguir o acordo e que amanhã os médicos voltem ao trabalho, para benefício da população”, disse.

Conforme o presidente do Sinmed-MS, Valdir Shigueiro Siroma, os indicativos apresentados na manhã de hoje serão apreciados durante a assembleia e caberá a categoria definir se aceita ou não a proposta da prefeitura. O sindicalista não quis adiantar o teor da proposta.

“ A proposta será avaliada lá, se eles (categoria) se sentirem contemplados, vamos por fim a paralisação. Se não, mantém”, disse.

30% dos médicos vão atender nas UPA's (Unidades de Pronto Atendimento) e CRS's (Centros Regionais de Saúde), que atendem 24h em regime de urgência e emergência.

Em maio deste ano, a primeira greve durou 18 dias. Um dos pontos acertados com a prefeitura para o retorno ao trabalho foi o pagamento dos salários até o quinto dia útil de cada mês. No entanto, conforme o escalonamento de salários anunciado dia 14 de julho pela prefeitura, aqueles que recebem acima de R$ 7 mil, teriam os salários depositados entre os dias 18 e 21 de agosto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions