A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/08/2014 19:52

Prefeitura vai obrigar a instalação de chip em cães e gatos na Capital

Michel Faustino e Paulo Francis
Chip deverá conter informações da vida do animal e informações sobre o proprietário (Foto: Paulo Francis)Chip deverá conter informações da vida do animal e informações sobre o proprietário (Foto: Paulo Francis)
Suzane acredita que chip irá ajudar a encontrar os fujões. (Foto: Alessandro Matins)Suzane acredita que "chip" irá ajudar a encontrar os "fujões". (Foto: Alessandro Matins)

A alteração na lei complementar, conhecida como “lei do cão”, que prevê a colocação de microchip em cães e gatos, dividiu a opinião dos campo-grandenses. Conforme a lei, a partir de agora todos os cães e gatos deverão usar um microchip que trará informações da vida do animal e dados para identificação de seu proprietário. A lei publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial do Município entrará em vigor em 540 dias.

O texto prevê ainda que a instalação dos microchips seja feita pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e pela concessionária vencedora de certame licitatório para o serviço. Conforme a assessoria de comunicação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) ainda estão sendo feitos os levantamentos sobre a viabilidade e execução da lei.

A funcionária pública, Suzane Vicente, 46 anos, acredita que a iniciativa é positiva principalmente para identificar os animais em caso de desaparecimento. “Eu tenho três cachorros e pelo meu ponto de vista é boa iniciativa, pois vai ajudar a controlar a população e diminuir doenças”, disse.

Já a estudante Mara Fernanda de Souza, 37 anos, não vê a iniciativa com bons olhos. “Acho sem noção, não sei se seria viável, cada um toma conta do seu próprio animal. Eu mesmo não tenho interesse. Acho que deveriam se preocupar com outras coisas mais importantes como saúde e educação”, ponderou.

O estudante Allan Pablo Duarte,21 anos, que tem quatro animais em casa, acredita que a iniciativa possa até mesmo controlar a sanidade e aumentar a vida dos animais.

“Eu acho muito bom porque vai ajudar a prevenir doenças, descobrir antes e tratar a tempo de salvar a vida dos cachorros. Assim que sair o chip já vou colocar nos meus”, diz.

Registro - O registro de animais, o fornecimento da carteira e implantação dos microchips deve ser feito pelos seus proprietários mediante o recolhimento de taxa única que incluirá o valor do microchip e da mão de obra do profissional técnico.

Segundo a lei, o proprietário ou responsável pela guarda de animal que comprovar renda familiar menor ou igual a 3 (três) salários mínimos, poderá ser beneficiário da gratuidade para o registro.
As clínicas veterinárias, pet shops e casas agropecuárias deverão providenciar o leitor dos microchips, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias a contar de hoje, sob multa de R$ 720,00.



**CONTROLE POPULACIONAL** Primeiro com os animais e depois com os humanos. Vão saber até o que nós estamos pensando. A ideia parece boa, mas é terrível.
 
Wagner Cabriote em 23/08/2014 11:01:04
A prefeitura deveria fazer alguma coisa em beneficio a população, e nao ficar preocupada em instalar chip, em cachorros e gatos, a população ja paga muita coisas, agora terá que pagar por chip?????????, da licença vai, vão procurar o que fazer, a cidade parece que esta as mil maravilhas pra esses politicos esta pensando em chip.
 
Rondinelio Correa de Gouveia em 23/08/2014 10:28:59
Bom dia, eu logo que via a manchete já imaginei, pronto la vai se cobrar mais um tributo, ou seja uma taxinha.
O que precisamos é de reeducação de quem possui animais, por conta de ve-los jogados cidade a fora, mais se acontecem até com ser pessoas, que vemos dormindo pelas ruas sem abrigo, ou um lugar digno mesmo que seja para um andarilho, isso não temos, mais vamos la criar chip, por enquanto falamos só de deveres de quem possui um cao ou gato, quero ver a hora que reenvidicarmos os direitos, ja que pago por algo, tenho direito de reclamação ou reinvidicação.
 
Sidnei Antonio dos Santos em 23/08/2014 08:47:42
Ótima iniciativa ! isso ajudara muito no controle de doença principalmente no alastramento da leishmaniose.
 
Jose Aparecido de Almeida Araujo em 23/08/2014 07:49:23
Primeiro nos animais e depois nos humanos... Todo mundo achando o máximo esse controle!!! Cuidado gente... A NWO está aí!
 
Wagner Cabriote em 22/08/2014 23:48:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions