ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Preocupado com quem passa frio? Saiba como participar de campanhas de doação

Por Amanda Bogo | 18/07/2017 14:50
Morador de rua dormindo na região central de Campo Grande na manhã nesta terça-feira (Foto: André Bittar)
Morador de rua dormindo na região central de Campo Grande na manhã nesta terça-feira (Foto: André Bittar)

Campo Grande registrou na madrugada desta terça-feira (18) a menor temperatura do ano, com mínima de 3.1ºC e sensação térmica de -11ºC, e a previsão é de que mais noites frias ocorram no decorrer da semana na Capital. Com isso, alguns campo-grandenses tem se reunindo em grupos para fazer arrecadações e ajudar moradores de rua da cidade.

A igreja Sara Nossa Terra está arrecadando agasalhos, mantas e cobertores que serão entregues na quarta-feira (19) para moradores de rua. Os 15 voluntários irão a região central da cidade a partir das 21 horas para distribuir as doações.

“Pensamos em ir próximo a antiga rodoviária, onde fica concentrado o maior número de pessoas. Quanto mais ajuda, melhor”, afirmou a estudante de direito Mariana Azarias, 20 anos. As contribuições podem ser entregues na sede da igreja, localizada na avenida Hiroshima, 2034, no Carandá Bosque, a partir das 13 horas. Informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 99249-9205.

O grupo "Amigos Víntage" antecipou a entrega de sopas e agasalhos que faz sempre as quartas-feiras, na antiga rodoviária, para a noite de segunda-feira (17), devido ao frio. Porém, os trabalhos, que ocorrem sempre as quartas-feiras, não se encerraram nesta semana e continuarão amanhã.

“Chegamos a atender cerca de 100 pessoas por dia, e são sempre as mesmas que nos procuram. Costumam ser moradores daquela área que conhecem o trabalho. Somos vinte voluntários e trabalhamos desde a preparação da sopa até a entrega das doações”, contou a auxiliar administrativa Vanessa Martins Gomes, 22, que faz parte do grupo. Quem quiser contribuir com a ação pode entrar em contato pelos números (67) 99925-2329 e 3253-7080.

Foi durante uma conversa com o noivo na noite de segunda-feira que surgiu a preocupação com os moradores de rua e a decisão: a professora Morgana Duenha, 34 anos, decidiu comprar trinta cobertores e sair pelas ruas de Campo Grande na noite desta terça-feira para entregar para pessoas desabrigadas. “Ficamos sensibilizados com esse tempo. Se está frio para nós, pensa para quem está na rua?”, destacou.

O cuidado da professora, que é vegetariana há sete anos, também se estende aos animais. Em um relato feito em uma rede social, Morgana pede para que as pessoas ajudem de alguma forma os animais com e sem lares.

“Quem tiver um animal em casa, deixe o mesmo dormir em um cômodo fechadinho (no quintal é frio) e a baguncinha e sujeirinha que ele possa vir a fazer, ele vai recompensar com muito amor. E se você não tem um animalzinho, mas viu um na rua, coloque uma caixinha de papelão em frente da sua casa com um tapetinho ou uma toalha que não usa mais, assim, ajudará um animal de rua que precisa!", diz o texto.

“Amo bicho, tenho muito cuidado com os animais, e tento ajudar na medida do possível tanto as pessoas quanto eles”, contou. Quem quiser contribuir com a distribuição que a professora irá fazer pode entrar em contato pelo telefone (67) 99204-4462.

O mestrando em literatura Mário Lopes, 26 anos , e mais cinco amigos pretentem distribuir nesta semana pães, mortadela e chá para os desabrigados. “A ideia surgiu ontem por causa do frio. Conseguimos algumas doações e vamos levar ainda nesta semana, se tudo der certo hoje (18). Se eu estivesse em uma situação como essa, gostaria muito de receber ajuda”, contou.

A solidariedade do grupo não acaba com o frio, e eles já planejam a arrecadação de roupas, agasalhos para crianças e brinquedos que serão entregues em setembro da Cidade de Deus. Voluntários interessados em colaborar podem entrar em contato pelo telefone (67) 99117-6697.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário