A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/12/2013 11:27

Preso por estuprar jovem no Seminário é suspeito de ter cometido outro abuso

Aliny Mary Dias e Graziela Rezende
Retrato falado de Claudimar feito com base no depoimento da jovem de 26 anos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Retrato falado de Claudimar feito com base no depoimento da jovem de 26 anos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Preso no último dia 27 de novembro suspeito de estuprar uma jovem de 26 anos no Jardim Seminário na Capital, Claudimar Miranda da Costa, de 31 anos, é suspeito de ter praticado outro estupro em Campo Grande.

Segundo a titular da DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher), Rosely Molina, o primeiro estupro já estava sendo apurado pela delegacia e quando o caso do Jardim Seminário veio à tona, a polícia desconfiou que pudesse se tratar do mesmo autor.

A suspeita ocorreu em razão da primeira vítima ter relatado à polícia as mesmas características de Claudimar e ter agido da mesma forma durante a violência. A jovem também será chamada à delegacia para reconhecimento pessoal do suspeito.

Sobre o caso da jovem abusada três vezes no Jardim Seminário, o reconhecimento pessoal já foi feito e a Polícia Civil só aguara o exame de DNA para finalizar o inquérito. Além dos dois estupros, Claudimar também responde por um processo que corre em Dourados. O homem estava foragido do sistema penal há 8 meses, ele também havia sido preso por praticar estupro.

Caso - A jovem de 26 anos foi no dia 12 de outubro, no Jardim Seminário. Ela tinha acabado de fazer compras em um supermercado na avenida Tamandaré e retornava para casa, caminhando na avenida Mascarenhas de Moraes com uma sacola nas mãos, quando foi abordada.

Sob ameaça de um revólver, o homem a obrigou a acompanhá-lo até um matagal na rua Padre João Falco, esquina com a avenida Ernesto Geisel e lá cometeu o crime sexual, utilizando a camisinha.

A jovem disse à Polícia que segurava um capacete nas mãos, além das compras, pois tinha sido levada ao supermercado pelo namorado. Mesmo assim ela tentou correr do criminoso, mas ele a obrigou a subir na bicicleta. O homem parou em um matagal e mostrou a ela o revólver que possuía, a obrigando a sentar no chão e conversar para despistar suspeitas de moradores que passavam pelo local.

Logo depois, o homem a levou mais para dentro da mata e retirou a sua blusa e o sutiã. Segundo a Polícia, neste momento ele retirou a sua camiseta, forrou o chão e pediu para vítima deitar, realizando sexo oral na vítima.

Assim que finalizou o ato sexual, ele jogou a camisinha no matagal e a mandou se vestir. O estuprador pediu a ela para contar até 180, com os olhos fechados. Ele fingiu sair, mas logo em seguida retornou e a estuprou novamente, cometendo o sexo vaginal e anal. Mais uma vez, sob ameaça de morte, a ordenou para contar até 180 e desta vez fugiu, sem levar nada.

Suspeito de estuprar jovem três vezes no Seminário é preso pela Polícia
Após dois meses de investigações, a Polícia prendeu Claudimar Miranda da Costa, 31 anos, na manhã desta sexta-feira (27). Ele é reincidente no crime ...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions