A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

29/08/2017 12:05

Presos em operação são levados ao Imol para exame de corpo de delito

Anahi Zurutuza e Guilherme Henri
Sede do Imol, para onde presos estão sendo levados para exame de corpo de delito (Foto: André Bittar)Sede do Imol, para onde presos estão sendo levados para exame de corpo de delito (Foto: André Bittar)

Os presos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) durante a Operação Antivírus, na manhã desta terça-feira (29), já começaram a chegar ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para exame de corpo de delito, procedimento de praxe sempre que alguém é detido.

O ex-deputado estadual Ary Rigo é um dos que passa pelos testes feitos no instituto. Ele chegou em silêncio em uma caminhonete prata sem identificação.

Rigo estava sentado no banco de trás no meio de dois homens. Apenas o motorista usava uniforme que parece ser com o usado pelo Gaeco durante as operações.

Quatro diretores do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e o Campo Grande News apurou que outro preso, Jonas Schimidt das Neves – dono da Digix, a antiga Dighito Brasil – prestou depoimento na 3ª Delegacia de Polícia Civil, localizada no Carandá.

A operação - Equipes do Gaeco estão espalhadas por Campo Grande para cumprir 12 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão dede antes das 7h desta terça-feira (29). O principal endereço alvo da força-tarefa é a sede do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul, onde investigadoras vasculham três diretorias.

Dos 12 mandados de prisão, nove já são de prisão preventiva e três temporárias.

O Gaeco investiga crimes de corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, peculato e organização criminosa.

Segundo a assessoria de imprensa do MP, contratos de informática celebrados entre o Poder Público e empresas são investigados. “Em virtude da complexidade da operação, não serão divulgadas informações antes do término das investigações”, informou a assessoria por meio de nota.

Ex-deputado no banco traseiro da caminhonete (Foto: André Bittar)Ex-deputado no banco traseiro da caminhonete (Foto: André Bittar)
Mais quatro pessoas ocupam caminhonete onde ex-parlamentar foi levado ao Imol (Foto: André Bittar)Mais quatro pessoas ocupam caminhonete onde ex-parlamentar foi levado ao Imol (Foto: André Bittar)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions