A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

03/12/2015 18:01

Primos são acusados de dar o "golpe do mecânico" em 11 pessoas

Filipe Prado
Rafael se apresentava como engenheiro mecânico ou eletricista (Foto: Divulgação)Rafael se apresentava como engenheiro mecânico ou eletricista (Foto: Divulgação)

Duas pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil, da 7ª Delegacia de Polícia, no Jardim Panamá, acusados de aplicar golpes em pelo menos 11 pessoas, sendo a maioria idosos, em Campo Grande, causando prejuízo de cerca de R$ 16,5 mil. Chamado de “golpe do mecânico”, os primos Bárbara Cristiane de Oliveira, 38 anos, e Rafael de Oliveira Maluf, 29, colocavam pequenos explosivos nos carros, para forjar estragos e realizar a falsa troca de peças.

O delegado Paulo Sá, adjunto da delegacia, explicou que os acusados implantavam as “bombinhas” nos carros das vítimas quando elas passavam por lombadas. Então Bárbara sinalizava e pedia para que a pessoas parassem, afirmando que o carro havia estragado.

Bárbara era a primeira a abordar as vítimas (Foto: Divulgação)Bárbara era a primeira a abordar as vítimas (Foto: Divulgação)

Ao perceber que a vítima havia parado, Rafael se aproximava e dizia ser engenheiro mecânico ou eletricista, assegurando que poderia consertar o veículo. O acusado retirava a central eletrônica do carro e saia, dizendo que iria repará-la. Contudo, ele realizava pintura, com tinta fosca, e depois colocava a peça novamente no automóvel.

A dupla cobrava de R$ 1,4 mil a R$ 5 mil pelo suposto conserto. Ainda acompanhavam a vítima até uma agência bancária para realizar o saque.

A polícia descobriu o golpe e, através de investigações, conseguiu localizar a namorada e amante de Rafael, já que ele era casado. No momento em que ela prestava depoimento, o advogado do acusado entrou em contato com a polícia e a dupla se apresentou. Os dois não prestaram declarações à polícia, permaneceram calados e só vão falar em juízo.

Eles serão indiciados por estelionato e furto, pois levavam alguns objetos dos carros das vítimas, como carteira, bolsas e tablet.

Veja o vídeo dos estelionatários esperando a vítima sacar o dinheiro para pagamento:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions