A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

24/08/2018 20:14

Professora internada com objeto no intestino ainda não tem previsão de alta

Adriano Fernandes
Unidade onde a professora foi atendida. (Foto: Reprodução) Unidade onde a professora foi atendida. (Foto: Reprodução)

Continua internada na Santa Casa de Campo Grande, a professora que engoliu objeto de 3 cm, durante tratamento de canal dentário na UBS (Unidade Básica de Saúde) Dona Neta, no bairro Guanandi.

Kamila Linhares Garcia, de 24 anos, segue na área verde da unidade e deve passar por um novo ultrassom, neste sábado (25) para avaliar se o objeto representa risco ao intestino. A equipe médica a guarda para que o material seja expelido de forma natural. Caso contrário, será necessária uma cirurgia para a retirada do objeto.

Caso 

A professora está internada na Santa Casa de Campo Grande desde a noite de terça-feira (21), depois de ter engolido um objeto, usada para fazer procedimentos de canal dentário. A versão da família é de que a dentista derrubou a bandeja com os instrumentos ao pegar o material da assistente.

Segundo Kamila, mais objetos caíram na boca durante e, "por sorte", conseguiu retirá-los. Os materiais são similares a um alfinete. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) confirmou que, pelas informações obtidas junto à unidade se saúde, houve de fato um incidente, mas não da forma como foi contado por Kamila.

A profissional, segundo a Secretaria, acredida que o objeto engolido se trata de uma lixa odontológica, usada para separar os dentes durante o tratamento, e não uma agulha, como acredita a paciente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions