A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/10/2015 11:32

Professora que contratou acusado de abusar de aluno de 5 anos será punida

Filipe Prado

A professora da Escola Municipal Professora Maria Tereza Rodrigues, no Jardim Santa Emília, que contratou o professor de Educação Física de 29 anos acusado de abusar de uma criança de cinco anos, será dispensada do cargo. Processo administrativo será aberto para apurar a responsabilidade.

Conforme nota expedida pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Campo Grande, todas as providências legais serão tomadas pela Semed (Secretaria Municipal de Educação), sendo que a criança e sua família passarão por assistência psicológica.

O que foi apurado é que o profissional de educação física foi subcontratado pela professora efetiva para assumir a vaga, sem passar pelo processo legal. Por conta disso, ela foi dispensada do cargo, porque não poderia colocar outro professor em seu lugar sem a autorização da secretaria.

Ainda segundo a nota, mecanismos legais estão sendo levantados para prevenir situações semelhantes, protegendo assim as crianças.

Abuso - Segundo o delegado Enilton Zalla, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga, o menino chegou em casa, no final da tarde, e contou a história para os pais. Ele disse que o professor o elegeu para ser “ajudante de brincadeira”.

Enquanto as crianças brincavam, o menino foi colocado atrás de uma mesa, onde o professor passava as mãos no pênis da vítima. O rapaz mandou a criança não contar aos pais e disse que iria levá-lo ao banheiro, para tirar fotos nuas do menino.

Os pais da criança acionaram a Polícia Militar, que foi até a escola e localizou a residência do autor, no Bairro Dom Antônio Barbosa, o deteve e encaminhou para a delegacia. O professor negou o crime e falou pouco sobre o caso. Ainda alegou ter sido casado por nove meses, ser formado em teologia e realizar faculdade de educação física na Uniderp.

O acusado foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


Que eu saiba, professor não pode ser responsável pela contratação de outro professor, isso cabe a diretoria da escola, se essa professora for esperta ela entra na justiça e ainda ganha um dinheirinho da escola.
 
Max em 21/10/2015 15:36:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions