A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/02/2016 08:42

Protesto contra exoneração pede eleição para diretores de escolas

Viviane Oliveira e Luana Rodrigues
Alunos protestaram nesta manhã contra a saída da diretora. (Foto: Direto das Ruas)Alunos protestaram nesta manhã contra a saída da diretora. (Foto: Direto das Ruas)

“Queremos a diretora de volta”. Foi com essa frase que pais e alunos da Escola Municipal Professor José de Souza, que fica na Rua das Camélias, no Oliveira II, protestaram contra a exoneração da diretora Maria Katia Miranda da Silva, que segundo os moradores da região, atuava há 10 anos no local.

Na semana passada, foi publicado em edição extra no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), a exoneração de 47 diretores de escolas municipais e Ceinfs (Centros de Educação Infantil). No total,18 diretores de creches, 24 diretores escolares e 5 diretores adjuntos foram exonerados. O documento também trouxe a nomeação dos respectivos substitutos. Os exonerados exerciam as funções em regime de cargo de confiança, assim como os novos nomeados.

Revoltados com a situação, os pais reclamam que a Prefeitura tirou a diretora sem consultar ninguém e sem motivo algum. “A escola tem nota acima da média nacional e evasão zero. A exoneração foi por motivo político”, lamenta o marceneiro Cristiano de Lima Pedra, 40 anos. Ele é pai de dois meninos, de 12 e 14 anos, que estudam na escola. Para ele, a decisão foi arbitrária.

Mãe pede respeito e a volta da diretora em cartaz. (Foto: Marcos Ermínio) Mãe pede respeito e a volta da diretora em cartaz. (Foto: Marcos Ermínio)

A maioria das crianças do Oliveira e bairros do entorno estuda no local e nenhum pai gostou da mudança, segundo o organizador do protesto, Eder Carlos de Oliveira, 46 anos. Ele é líder comunitário e se diz preocupado porque até agora a escola está sem dirigente. “O município devia fazer uma eleição para a comunidade escolher o gestor escolar”, sugere.

Segundo Eder, que também é proprietário de uma revenda de gás na região, a diretora cansou de pagar do próprio bolso o gás para que os alunos não ficassem sem merenda. “Quando o município não repassava recurso, a diretora era quem comprava o gás de cozinha para garantir que fosse feito o alimento para as crianças. Nós acompanhamos o empenho dela.

“Eu não aceito essa decisão do município”, protesta a professora Cristina Goes, 41 anos. Ela tem três filhos, um de 18 anos, que estudou na escola e duas meninas, de 9 e 11 anos, que ainda frequentam a instituição. “Isso é um absurdo. Foi algo repentino e queremos uma explicação da Secretária Municipal de Educação”. Conforme Cristina, a escola sempre foi modelo, graças ao trabalho da diretora. Apesar do protesto, a aula seguiu normalmente.

Na semana passada, pais e alunos da Escola Municipal Irene Szukala, no Jardim Aero Rancho, também se reuniram para pedir a volta da diretora Rosângela Brito. Os estudantes se recusaram a entrar na escola como forma de protesto.

A manifestação aconteceu hoje de manhã, por volta das 7h. (Foto: Direto das Ruas)A manifestação aconteceu hoje de manhã, por volta das 7h. (Foto: Direto das Ruas)
Pais estão revoltados com a situação. (Foto: Marcos Ermínio)Pais estão revoltados com a situação. (Foto: Marcos Ermínio)
Bernal exonera 47 diretores de escolas e creches e nomeia substitutos
Foi publicada a exoneração de 47 diretores de escolas municipais e Ceinfs (Centros de Educação Infantil) em edição extra do Diogrande (Diário Oficial...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Esse povo não tem o que fazer , pra começar o bairro da referida escola é o OLIVEIRA 3 e o líder comunitário não é o famoso Eder do Gás e sim um Guardinha Municipal que não faz nada da Vida , tira serviço la no posto do Guanandi.

Se os diretores foram exonerados , alguma coisa tem ( rixa ou então eram apadrinhados por algum politico da oposição ).

Meu povo , peço a vocês calma , assim que o Bernal sair , todos os diretores voltam , pode ficar tranquilo.
Mais uma vez volto á afirmar , isso não é culpa do PT.
Um beijo e um abraço do Seu Amigo Lula .
 
Lula em 23/02/2016 12:23:25
Lí um dia um familiar de uma dessas crianças dizendo que o prefeito ao invés de mexer com as escolas deveria tapar os buracos das ruas, nesse momento me veio na cabeça, mais vale um buraco tapado na sua rua ou seu filho recebendo uma educação de qualidade? Hoje se você perguntar para um desses meninos quanto é 7x8 ele começa a chorar pois está pegando pesado com ele mesmo ele já tendo 10 anos de idade, pelo amor de deus, Paissssss e Mãaaessss, educação é coisa séria.
 
Willian Padilha Barreto em 23/02/2016 09:36:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions