A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

12/12/2017 16:40

Provas do concurso da Câmara terão um segurança para cada 12 candidatos

Estrutura para combater fraudes em concurso a ser realizado no domingo envolve até acordo com a Anatel para reduzir emissões de sinais ao redor dos locais das provas

Humberto Marques
Concurso da Câmara teve mais de 18 mil candidatos habilitados a disputarem uma das 70 vagas. (Foto: Paulo Francis)Concurso da Câmara teve mais de 18 mil candidatos habilitados a disputarem uma das 70 vagas. (Foto: Paulo Francis)

As provas do concurso público realizado pela Câmara de Campo Grande, que visa a preencher 70 vagas em seu quadro efetivo de pessoal, teve 18.022 candidatos habilitados para a disputa, e contará com uma estrutura de segurança de peso. Só em seguranças e vigilantes serão 1.500 para acompanhar o processo seletivo –ou equivalente a um segurança para cada 12 candidatos– no domingo (17), nos períodos matutino e vespertino.

Além da preocupação com a vigília, também foram adotadas providências com o intuito de impedir o vazamento de informações ou fraudes semelhantes. Um acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) prevê alterações em sinais de comunicação em torno dos locais onde as provas serão aplicadas –nos campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e na unidade da rua Ceará da Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e Região do Pantanal).

A Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura), que organiza o processo seletivo, anunciou o aparato como sendo “um dos maiores esquemas de segurança já montados no país”, no sentido de evitar fraudes em qualquer das etapas de elaboração, impressão e aplicação das provas. Policiais civis e militares e membros do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) devem ajudar.

“A Fapec tem a tradição de 35 anos de trabalho nessa área e tem evoluído muito a cada dia para garantir segurança aos candidatos a concursos públicos de que não haverá fraude no processo de seleção”, declarou Hebert Assunção, secretário-executivo da fundação.

O aparato mobilizado para as provas incluem detectores de metais, a serem usados também no acesso dos candidatos aos banheiros e salas de aula, e de pontos eletrônicos (usados nos ouvidos). Além disso, a Anatel fechou acordo para reduzir a emissão de sinais no entorno dos locais das provas. “Essa medida também contribuirá muito para impedir a realização de fraudes”, afirmou Assunção, conforme a assessoria da Fapec.

Rocha afirma que candidatos aprovados no concurso serão convocados até abril de 2018. (Foto: Izaías Medeiros/Divulgação)Rocha afirma que candidatos aprovados no concurso serão convocados até abril de 2018. (Foto: Izaías Medeiros/Divulgação)

Roteiro – As provas aplicadas neste domingo terão caráter eliminatório e classificatório para todos os cargos, envolvendo Língua Portuguesa, Conhecimentos Específicos, Conhecimento Básico de Informática e Noções de Administração Pública. Serão 40 questões, que valem 5 pontos cada, e devem ser respondidas no prazo de quatro horas.

Na manhã de domingo, a partir das 8h, farão as provas os candidatos a cargos de nível superior (Analista de Controle Interno, Analista de Sistema, Contador, Jornalista, Publicitário, Redator, Técnico Administrativo, Técnico Legislativo e Tradutor de Libras). Às 14h, será a vez dos candidatos ao cargo de nível médio (Técnico em Informática, Técnico em Segurança do Trabalho e Assistente Administrativo).

Recomenda-se que os candidatos cheguem ao local da prova meia hora antes dos horários, portando Registro Geral de Identidade, Carteira de Identidade Militar, Carteira Nacional de Habilitação (com foto), Carteira de Identidade Profissional emitida pelo órgão competente ou Carteira de Trabalho e Previdência Social; além de caneta esferográfica azul ou preta com corpo em plástico transparente.

Candidatos que ainda não sabem onde farão a prova podem consultar a lista de inscritos no Diogrande (confira aqui).

Etapas – Será aprovado na primeira etapa da seleção o candidato que acertar mais da metade das questões. A segunda fase do concurso, voltada para os aprovados no exame escrito que disputam os cargos de nível superior (na proporção de 10 vezes o número de vagas), envolverá a prova de títulos.

Dentre os concorrentes no processo seletivo, mais da metade se inscreveu para uma das 15 vagas de Assistente Administrativo: são 9.777 participantes habilitados, gerando concorrência de 651,8 candidatos por vaga. Outros 5.262 concorrentes disputam 20 vagas de técnico administrativo (média de 263,1 candidatos por vaga), e 1.538 buscam os 18 cargos de técnico técnico legislativo (85,44 candidatos por vaga).

A menor concorrência é para tradutor de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais), com 39 inscritos disputando uma vaga.

O presidente da Câmara, vereador João Rocha (PSDB), acredita que, concluída todas as etapas do processo seletivo, a convocação dos aprovados deve ocorrer entre março e abril de 2018.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions