A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

06/12/2016 11:15

Quadrilha aliciava adolescentes para roubar carros a mando de detento

Viviane Oliveira e Julia Kaifanny
Parte da quadrilha foi presa e apresentada nesta manhã na Defurv (Foto: Fernando Antunes) Parte da quadrilha foi presa e apresentada nesta manhã na Defurv (Foto: Fernando Antunes)

Envolvida em três roubos de veículos no mês de outubro, parte de uma quadrilha que aliciava adolescentes para assaltar agia a mando de Wanderson Santana, conhecido como Tupi, de 26 anos, detento do presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.

Além de Wanderson, foram presos Lucas Weverton de Oliveira, conhecido como Neguinho, de 20 anos, Victor Vinícius Silva Pinto, 18 anos, José Luiz clementino de Oliveira, 23 anos. 

Eles foram apresentados nesta manhã (6), durante coletiva de imprensa na Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos). Os adolescentes de 16 anos, suspeitos de envolvimento, foram apreendidos e encaminhados à Unei (Unidade Educacional de Internação). Wanderson e Lucas se conheceram no presídio em 2014. Lucas era quem agenciava os menores para cometer os assaltos.

De acordo com o delegado Gustavo Ferraris, responsável pela investigação, o grupo está envolvido em três roubos. O primeiro ocorreu por volta das 22h do dia 7 de outubro, no Bairro Vila Boas, quando um comerciante de 49 anos chegava em casa com o veículo Hyundai Tucson. A vítima foi rendida pelos dois adolescentes que fugiram levando o automóvel.

Na madrugada do dia 9 de outubro, o alvo foi dois estudantes de 22 e 23 anos, que saíam de um bar na Rua Pajuçara, na Vila Antônio Vendas, quando foram abordado pelos adolescentes. Eles, que estavam em um veículo Gol, foram feitos reféns e levados para uma área de mata na Chácara dos Poderes. No cativeiro, quem ficou cuidado das vítimas foi Victor, mas ele dormiu e os estudantes conseguiram fugir a pé. 

No mesmo dia, um casal de amigos saía de um bar, na Rua Euclides da Cunha, quando também foi surpreendida pela quadrilha comandada por Wanderson. As vítimas foram obrigadas a entrar no porta-malas do C4. Durante a fuga, o casal conseguiu abrir o compartimento e fugir. O carro deles foi localizado abandonado horas depois, na Avenida Senhor do Bonfim.

A quadrilha só foi desmantelada depois que Lucas e José foram presos em Miranda com veículo i30 roubado na Capital. A partir da prisão dos dois, a polícia chegou em Wanderson e Victor. 

Eles vão responder por formação de quadrilha, roubo qualificado pelo emprego de arma, concurso de pessoas, associação criminosa, corrupção de menores e restrição de liberdade da vítima. A polícia procura mais um integrante do bando, identificado como Ari César Pereira de Freitas, 20 anos.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions