A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/04/2015 14:18

Quarto integrante de quadrilha que furtou projetores no RJ chega à Capital

O acusado foi interrogado e será transferido para o Instituto Penal

Michel Faustino
Carlos é suspeito de ter participado do que é considerado o maior furto de carga do país. (Foto: Divulgação/Deco)Carlos é suspeito de ter participado do que é considerado o maior furto de carga do país. (Foto: Divulgação/Deco)

Foi transferido para a Capital na tarde de ontem (23) o quarto integrante da quadrilha que furtou projetores de cinema avaliados em R$ 24 milhões de um galpão no Rio de Janeiro, no dia 1º de fevereiro. O motorista Carlos Santana Siqueira, 38 anos, foi preso no domingo (19) enquanto trafegava de camionete pela rodovia BR-070, região de Primavera do Leste, no interior do Mato Grosso.

Segundo a Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado), na quarta-feira (22) uma equipe foi deslocada até Rondonópolis (MT) para transferi-lo para a Capital. Ontem, ele foi interrogado e nesta sexta-feira (24) deve ser transferido para o Instituto Penal de Campo Grande.

De acordo com a delegada Ana Claúdia Medina, titular da Deco, Carlos é suspeito de ter participado do que é considerado o maior furto de carga do país, juntamente com os irmãos Célio Andrade de Barcelos, 37, e Luis César Andrade, 35, presos em Viana, Espírito Santo, além de Antônio Cláudio Barbosa, 38, preso em Cariacica (ES).

O Crime – Na tarde de 1º de fevereiro, a quadrilha chegou ao galpão na Favela de Vigário Geral, no Rio de Janeiro, arrombou as portas, estacionou seis carretas e depois fugiu com aproximadamente R$ 24 milhões em projetores e acessórios importados, de fabricação belga e americana. Vizinhos testemunharam a ação, mas acreditaram que, devido à tranquilidade e ousadia do grupo, se tratava de expediente normal.

Parte dos produtos, aproximadamente R$ 5 milhões, foi recuperada dentro de um caminhão abandonado em Minas Gerais. A partir de então, a Deco descobriu que outra parte, cerca de R$ 6 milhões, estava armazenada em um galpão localizado na Rua Filomena Segundo Nascimento, no Jardim Itamaracá, em Campo Grande - apreensão foi em 2 de março.

Teve início então a "Operação Projeção", que recuperou o restante no Espírito Santo. Segundo a delegada Ana Cláudia Medina, responsável pelas investigações, o objetivo do bando era levar a carga para o Paraguai, onde trocaria por fuzis que fortaleceriam o poder de fogo dos criminosos que habitam favelas cariocas.

Programa – Os projetores de 3D e 4D pertencem ao “Programa Cinema Perto de Você” do Governo Federal, gerenciado pela Ancine (Agência Nacional de Cinema), em parceria com o BNDES e Caixa Econômica Federal, que prevê o fortalecimento da indústria cinematográfica brasileira a partir da digitalização de 2.800 salas de cinema. O prazo de atualização tecnológica estava previsto para o fim de maio de 2015.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions