ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Quatro são presos após sequestrar e amarrar vítima para roubar caminhonete

Por Fernando da Mata e Paula Maciulevicius | 22/03/2012 07:49

POlicial da Cigcoe algemando um dos suspeitos (Foto: Marlon Ganassin)
POlicial da Cigcoe algemando um dos suspeitos (Foto: Marlon Ganassin)

Quatro suspeitos de participar de sequestro relâmpago foram presos, na madrugada desta quinta-feira (22), em Campo Grande. Segundo a Polícia Militar, eles sequestraram um homem de 28 anos e o abandonaram em um matagal para roubar a caminhonete dele.

A ação criminosa começou por volta da 23 horas de quarta-feira (21), no bairro Mata do Jacinto. Conforme a PM, a vítima chegava em casa com uma Ford Ranger quando foi rendido por dois criminosos, um deles armado, que invadiram o veículo e saíram do local com a vítima. Outro veículo, um GM Corsa, dava cobertura.

Enquanto o homem ficou em poder dos bandidos, ficou com a arma apontada na cabeça e sofreu várias ameaças. Depois de algum tempo, o dono da caminhonete foi levado para um matagal no Chácara dos Poderes, onde teve as mãos amarradas em uma árvore e foi abandonado. Lá, a vítima ficou por quase uma hora até conseguir se soltar.

Enquanto isso, um vizinho da casa do dono da caminhonete ouviu a movimentação e acionou a Polícia. Algum tempo após a denúncia, policiais da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) e do Tático do 9º BPM localizaram a vítima às margens do macroanel e prenderam os bandidos na região.

De acordo com a PM, quatro suspeitos estavam no GM Corsa e foram reconhecidos pelo proprietário da caminhonete. Com eles, foi encontrado um revólver calibre 38. Um quinto bandido teria fugido com o veículo roubado para o Paraguai.

Sebastião Ferreira dos Santos, 49 anos, é o suspeito de ter arquitetado o sequestro, de acordo com a Polícia. Ricardo Ajala Junior, 21, foi o que rendeu a vítima com um adolescente de 17 anos. Josimar Santana da Silva, de 26 anos, é o dono da arma.

Quatro presos na Depac Centro (Foto: Marlon Ganassin)
Quatro presos na Depac Centro (Foto: Marlon Ganassin)

Os quatro suspeitos estão na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Dentre os crimes que eles devem responder, estão formação de quadrilha e sequestro relâmpago.

A Ford Ranger roubada tem cor prata, cabine dupla, e placas DGX-2882, de Campo Grande. Todas as forças policiais estão em alerta nas rodovias e saídas de Mato Grosso do Sul.

Segundo a Cigcoe, a ordem para roubar o veículo veio da Penitenciária de Segurança Máxima.

Medo - O proprietário da caminhonete relatou ao Campo Grande News que o veículo não tem seguro e ainda estava pagando as parcelas. Assustado, descreveu brevemente o drama. “Fiquei bem assustado, dá uma sensação de impotência”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário