A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

30/07/2019 14:45

Rádio Clube é vítima de golpe e fica às escuras mesmo pagando R$ 20 mil

Unidade do Centro, onde funciona a natação do clube, por exemplo, ficou sem energia depois que fatura foi fraudada

Marta Ferreira
Piscina do Rádio Clube Centro, que só conseguiu restabelecer energia hoje. (Foto: Paulo Francis)Piscina do Rádio Clube Centro, que só conseguiu restabelecer energia hoje. (Foto: Paulo Francis)

O Rádio Clube Campo Grande, instituição mais tradicional da cidade na área, passou por dissabor de ter a energia cortada na sua unidade do Centro, na tarde desta segunda-feira (29), mesmo tendo pago a conta, no valor de R$ 20 mil, há exatos 10 dias. O problema é que o boleto pago era falso e o beneficiário, segundo o clube denunciou à Polícia Civil, é uma pessoa com endereço em Recife, no Pernambuco, e não a concessionária de energia. Ou seja, clientes e empresa foram vítimas.

Tudo indica, segundo afirmou o presidente do Rádio Clube, Renato Antônio Pereira de Souza, que houve invasão do sistema de emissão de boletos da Energisa para envio da fatura fraudulenta, por e-mail. A unidade na Rua Padre João Crippa, a mais antiga, ficou desabastecida de meio-dia de ontem até por volta do mesmo horário desta terça-feira (30).

A falta de energia fez o estabelecimento fechar às 18h, quatro horas antes do normal, que é às 22h. Renato de Souza calcula em 500 o número de pessoas prejudicadas, entre os frequentadores da natação, do judô, das aulas de Pilates e da academia, além da sauna.

Um áudio chegou a circular informando que a piscina ficaria com a água fria, prejudicando os treinamentos, mas segundo o presidente do Rádio Clube, isso não chegou a ocorrer porque a água estava quente e demora um certo tempo para esfriar. Ele disse não saber quem é a pessoa responsável pelo áudio, mas alertou se tratar de alguém que não conhece a realidade do clube tampouco tem autorização para falar por ele. Renato de Souza destacou a equipe do Rádio Clube como uma das melhores do país em na tação, inclusive com títulos mundiais.

De acordo com ele, o atendimento da Energisa foi rápido e tranquilo. “Primeiro, nos cuidamos de restabelecer a energia e depois das outras providências, como ir à polícia. A fatura foi paga novam ente para o fornecimento ser religado. 

O boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), por estelionato. Segundo o registro, o gerente do Rádio Clube Cidade pagou normalmente o boleto no dia 9 de julho. Apesar disso, ontem foi surpreendido pelo corte do abastecimento.

Boleto “clonado” - Ao verificar o documento pago, identificou que era do Banco Santander, e não do Banco do Brasil, como de costume, e que o beneficiário não era a energisa e sim um homem identificado como Márcio da Silva Barbosa, com endereço no Bairro de Boa Viagem, em Recife, capital do Pernambuco.

A Energisa foi procurada e informou que vai se pronunciar ainda nesta tarde sobre o assunto.

(Matéria editada às 19h14 para acréscimo de informação)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions