A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/08/2012 15:57

Condenado a 17 anos rapaz que matou a marretadas e queimou corpo

Mariana Lopes
Júri popular de Guilherme Henrique da Silva aconteceu na manhã desta quinta-feira, no Tribunal do Júri, em Campo Grande (Foto: Mariana Lopes)Júri popular de Guilherme Henrique da Silva aconteceu na manhã desta quinta-feira, no Tribunal do Júri, em Campo Grande (Foto: Mariana Lopes)

Guilherme Henrique da Silva, de 19 anos, foi condenado hoje a 17 anos e dois meses de prisão, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e por dois furtos. Ele matou Paulo Roberto Vinhal, de 59 anos, a marretadas e ateou fogo no corpo da vítima, no dia 23 de dezembro do ano passado, em Campo Grande.

De acordo com o depoimento de Guilherme, anexado nos autos do processo e lido hoje pela acusação no júri popular, ele matou Paulo a marretadas na cabeça. O autor do crime contou que foi até a casa da vítima para cobrar o serviço de pintura que havia feito. Segundo Guilherme, Paulo se recusou a pagar e os dois se desentenderam.

No interrogatório, Guilherme alegou que perdeu a cabeça quando disse a Paulo que precisava de dinheiro para comprar leite para filho e a vítima teria respondido que era para ele e o filho “se f... ”.

Guilherme confessou que após as marretadas, ele enrolou o corpo da vítima em um lençol, colocou dentro do carro da família e seguiu até o pontilhão do macroanel, na região do Itamaracá, onde ateou fogo no corpo de Paulo.

Para a acusação, representada pelo promotor de Justiça Fernando Martins Zalpa, Guilherme foi contraditório em vários momentos quando foi interrogado. “No depoimento, ele disse que estava pintando três salões para a vítima e que havia acabado o serviço, hoje ele afirmou que foi apenas um, mas que não estava finalizada a pintura”, observou o promotor.

Além do homicídio, Guilherme foi condenado por furtar o carro da vítima e mais duas cervejas. “É uma coisa pequena? Perto de um homicídio pode até ser, mas mostra a frieza dele, que ainda pegou as bebidas e foi se divertir às vésperas do Natal”, pontuou o promotor.

O juiz Alexandre Tsuyoshi Ito ainda condenou Guilherme a pagar 23 dias-multa, no valor de R$ 417,83.

Vai a júri dia 9 acusado de matar homem a marretadas e queimar corpo
Crime aconteceu no dia 23 de dezembro do ano passado. Réu confessou o assassinato e está presoVai a júri popular a partir das 8 horas do próximo dia...
Rapaz diz que matou porque vítima ameaçava revelar relacionamento
Crime aconteceu na noite do dia 23Em depoimento na delegacia, Guilherme Henrique da Silva, de 19 anos, disse que matou Paulo Roberto Vinhal, de 59 a...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Mais uma piada de mal gosto da nossa cara e ineficiente justiça, sou policial e sei bem como funciona, esse marginal vai estar na rua em menos de 7 anos.... se pegar indulto sai antes.... piada total, não vai cumpri metade da pena e muito provavelmente vai matar mais alguém daqui uns 7, 8 anos... e roubar mais uma dezena de pessoas.
 
Roberto Inzagaki em 10/08/2012 08:35:54
CONDORDO COM A THAIS SO 17 ?????????
 
CARLOS ALBERTO em 10/08/2012 06:55:41
Se este senhor honrasse com o compromisso dele, estaria vivo hoje. Mas não, preferiu não pagar a divida trabalhista e deu azar de topar com um sangue quente...

Ps. Não estou defendendo este jovem...
 
Frank William em 10/08/2012 04:22:40
Pior que a defesa vai recorrer e conseguir uma redução da pena para algo em torno de 10 anos. Aí ele se comporta bem na cadeia, presta algum tipo de trablalho lá dentro e cumpre apenas 1/3 da pena em regima fechado. Descontando o tempo que ele já está preso, daqui uns 3 anos ele já estará nas ruas. Isso é Brasil !!!
 
Bruno Pierotti em 09/08/2012 09:16:55
Hevellin Rossany, sejam o conforto e as bençãos de Deus sobre ti e tua família. Infelizmente "ficou de graça". Esse daí deveria ser punido rigorosamente.
 
Fernando Silva em 09/08/2012 06:33:00
Póis é 17 anos tamben acho pouco , sei q isso nao vai trazer meu Pai de volta , mas essa e a Lei do Brasil ne! Quando ele sai ainda vai estar jovem pronto pra acaba com outra familia, pq pra mim uma pessoa q rouba uma vez , rouba 2,3 .. como ele ja fez! agora q ele tem um homicidio nas costas pra ele mata outra vez é muito facil ne !
Como disse infelismente não vai trazer meu Pai de volta!
 
hevellin rossany em 09/08/2012 05:39:32
Só 17 anos???
 
Thaís Carvalho em 09/08/2012 04:23:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions