A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/06/2014 15:41

Reforma, feriados e Copa reduzem estoque e Hemosul fica sem sangue

Período festivo afasta doadores na Capital

Renan Nucci
Período festivo e reformas afastam doadores. (Foto: Marcos Ermínio)Período festivo e reformas afastam doadores. (Foto: Marcos Ermínio)

O estoque de sangue do Hemosul em Campo Grande está baixo, principalmente para o tipo O+. O déficit mensal que gira em torno de 1 mil e 1,5 mil bolsas, é reflexo da reforma que precisou interromper o atendimento na sede da instituição, assim como da Copa do Mundo e dos feriados que afastaram ainda mais os doadores.

O Hemosul da Capital era responsável por 50% da coleta da Hemorrede em todo Mato Grosso do Sul, porém, precisou fechar as portas em 17 março, quando tiveram início as obras de recuperação da estrutura (trabalhos devem durar seis meses). Por este motivo, muitas pessoas que doavam regularmente deixaram de ir aos outros três pontos de coleta, desfalcando os estoques.

Segundo a assessora de comunicação da Hemorrede, Mayra Franceschi, este fator, aliado aos recentes feriados (unidades fecham) e às festas por causa dos jogos da Copa do Mundo, colocou o Hemosul em uma situação delicada. “O banco de sangue está em baixa. Faltam todos os tipos, mas a crise maior fica por conta do tipo O+”, disse ela lembrando diante deste cenário, a entidade tem adotado novas medidas para captação.

Um ônibus que tem capacidade para atender até 50 pessoas por dia percorre bairros da cidade em busca novos doadores. “Também estamos tentando contato com empresas, para que elas estimulem seus funcionários a contribuir”, relatou. 

Pontos de Coleta – No momento, os pontos de coleta do Hemosul estão na Santa Casa (segunda a sexta-feira das 7h às 17h, e sábados das 7h às 12h), no Hospital Regional (de segunda a sexta-feira das 7h às 12h) e no Hospital Universitário (segunda a sexta-feira das 7h às 12h), além de outras unidades no interior. A distribuição é 24h, inclusive domingos e feriados. 

No quinta-feira (19), feriado de Corpus Christi, não haverá expediente, porém, sexta-feira  e sábado, apesar do ponto facultativo declarado pelo Governo do Estado, a Hemorrede vai dar continuidade aos atendimentos.

Doações – Franceschi lembra que o processo para doação é rápido e dura aproximadamente 30 minutos, todavia, o candidato precisa atender a uma série de exigências que podem ser consultadas no site oficial do Hemosul (www.hemosul.ms.gov.br). 

Hemosul muda horário para doação de sangue na Capital
O Hemosul de Campo Grande informa que os horários de coleta de doações vão mudar a partir do dia 16 de junho. No Hospital Regional, o atendimento pas...
Hemosul fechado não adia campanha de doação de torcida do Corinthians
Assim como acontece em todo o país, este sábado (22) é reservado para os torcedores corinthianos doarem sangue. Em Campo Grande, mesmo com o Hemosul ...
Hemosul necessita com urgência de doadores do tipo O negativo
O Hemosul (Centro de Hematologia e Hemoterapia) está precisando com urgência de doadores de sangue do tipo O negativo neste período que antecede o Ca...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions