A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

20/08/2018 07:53

Réus por tiroteio que matou criança de 11 anos com bala perdida vão a júri

Casos está entre os júris que vão ser realizados esta semana, que incluem ainda morte de militar da Base Aérea

Viviane Oliveira
Menino de 11 anos foi morto por bala perdida em frente da casa onde vivia com a mãe (Foto: arquivo/Campo Grande News) Menino de 11 anos foi morto por bala perdida em frente da casa onde vivia com a mãe (Foto: arquivo/Campo Grande News)

Casos de vingança com erro de execução que terminou em mortes de inocentes estão na pauta de júris desta semana. Entre os casos, que aconteceram há mais de 5 anos em Campo Grande, estão a morte de um militar da Base Aérea e de uma criança de 11 anos atingida por bala perdida.

Os réus Ronaldo do Santos, 45 anos, e Kenny Mendes Durand, 40 anos, serão levados a júri popular na quarta-feira (22), na 2ª Vara do Tribunal do Júri. Eles são acusados de matar o militar da Base Aérea Renato Dec Barbosa, 21 anos, e balear Everton Delfino dos Santos, Marcos Pereira da Silva e Anderson Xavier dos Santos. O caso aconteceu há 6 anos, no dia 23 de junho no Bar do Braga, no Jardim São Conrado.

Conforme a denúncia, Ronaldo estava no estabelecimento com a mulher e Kenny Durand, quando três homens, que estavam na mesa ao lado - começaram a mexer com a mulher dele. Houve discussão. Ronaldo, então, saiu do bar e voltou em seguida em uma motocicleta, conduzida por Kenny, e disparou várias vezes. Renato, que não estava na discussão, acabou atingido por três tiros e morreu no local. Já Everton, Anderson e Marcos foram baleados, mas sobreviveram.

O outro caso aconteceu há 5 anos, no dia 22 de dezembro de 2013, por volta das 21h, na Rua Elídio Pinheiro, no Parque do Sol. Jefferson Osmar Teixeira Ramão, 30 anos, e Valmor Martins Cabreira, 31 anos, atiraram para matar Anderson Patrício de Oliveira, conhecido com Maninho, mas por erro na execução acabaram matando Matheus Garcia Cabral, 11 anos. Os réus serão julgados na quinta-feira (23).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions