A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/04/2014 07:35

Revoltado com separação, homem espanca três no centro da Capital

Aliny Mary Dias

Separado desde o ano passado da ex-mulher depois de 19 anos de casamento, Marcos Moraes Fernandes, de 41 anos e revoltado com o fim do relacionamento, espancou a ex-mulher, o atual namorado dela e o filho do novo companheiro que, inclusive, tem deficiência física e intelectual.

De acordo com o registro da ocorrência, as agressões ocorreram ontem (9) em um bar situado na Rua Cândido Mariano, no Centro da Capital. A ex-mulher do agressor, de 37 anos, contou à polícia que o homem sempre foi violento durante o relacionamento do casal.

Ontem, o homem foi até o bar onde a ex-mulher trabalha com o atual namorado, de 65 anos. Marcos ameaçou o casal, insultou os dois e partiu para cima do namorado da ex. O idoso foi espancado e as agressões só pararam depois que o filho do idoso, de 32 anos, que tem problemas físicos e mentais, tentou apartar a briga.

O rapaz também foi espancado e jogado no chão. No fim das agressões, a ex-mulher também foi atingida por socos e pontapés. Pessoas que passavam pelo local separaram a briga e chamaram a Polícia Militar.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, qualificada por violência doméstica, e ameaça na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital. Marcos foi localizado pelos policiais, mas as vítimas preferiram ir outra hora para a delegacia, por isso, o agressor foi liberado pelos policiais.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Me desculpem as vitimas, mas como assim ir outra hora na delegacia? O nervosinho tem que ficar na cadeia, tomara que nada mais aconteça mas se a familia que não quis á delegacia for agredida novamente a culpa é exclusivamente deles.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 10/04/2014 09:57:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions