A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/03/2015 07:53

Rua cheia de buracos e pedras é risco de acidentes no Jardim Aeroporto

Alan Diógenes
Moradores colocaram galho de árvore para sinalizar cratera no meio da rua. (Foto: Marcelo Calazans)Moradores colocaram galho de árvore para sinalizar cratera no meio da rua. (Foto: Marcelo Calazans)

Os moradores da Rua Morro do Pilar, no Jardim Aeroporto, em Campo Grande, enfrentam dificuldade para transitar devido a quantidade de buracos de pedras existentes na via. Acidentes já aconteceram e a população improvisa colocando galhos para sinalizar as crateras.

O aposentado Ramão Gomes da Conceição, 68 anos, contou que o problema existe desde as administrações municipais passadas. Para sair com o veículo de casa, ele precisa fazer diversas manobras para não cair nos buracos existentes bem na frente da residência.

“A situação piorou ainda mais porque funcionários da prefeitura abriram valetas para a água da chuva escoar. Depois cobriram com cascalho, o que não resolveu o problema. Agora isso virou uma represa e para mim não tem mais solução”, explicou Ramão.

O funcionário público Silvio Silveira, 36, que também é morador na rua, disse que sempre está precisando fazer a manutenção de seus veículos. “Já estou tendo prejuízo, é com suspensão, com assoalho, entre outras peças. Sem falar que eu tenho que lavar o carro e a moto direto”, comentou.

 

Morador acha abusivo valor de água com taxa de esgoto, que não funciona no local. (Foto: Marcelo Calazans)Morador acha abusivo valor de água com taxa de esgoto, que não funciona no local. (Foto: Marcelo Calazans)
Luiz disse que água do esgoto invade seu quintal. (Foto: Marcelo Calazans)Luiz disse que água do esgoto invade seu quintal. (Foto: Marcelo Calazans)

A estudante Ana Alice, 16, é uma das pessoas que já se acidentaram no local. É o caso da. “Estava saindo de casa e acabei tropeçando em uma dessas pedra. Quem não conhece o bairro e passa por aqui acaba se machucando também”, destacou.

O estudante Gabriel Roberto, 22, falou que quase sofreu quedas de motocicleta no local. “As pedras são muito grandes e se a gente não passa devagar acaba caindo, eu mesmo quase cai várias vezes. O pior é que consta na prefeitura que essa rua já estava asfaltada, mas não está”, mencionou.

Já o pedreiro Luiz Carlos Soares Ferreira, 43, chama a atenção para outro problema. “O serviço de esgoto foi muito mal feito na rua. A água do esgoto está vindo tudo para dentro do meu quintal e tem causado mal cheiro. Sem falar que pagamos uma taxa alta pelo esgoto. Por exemplo, pago R$ 281 na conta de água, desse valor R$ 112 é só de esgoto”, finalizou.

O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria da prefeitura, na noite de terça-feira (17), para saber se o problema pode ser resolvido, mas as ligações não foram atendidas.

Gabriel quase caiu de moto várias vezes devido aos buracos. (Foto: Marcelo Calazans)Gabriel quase caiu de moto várias vezes devido aos buracos. (Foto: Marcelo Calazans)
Seu Ramão precisa fazer várias manobras para tirar o veículo da garagem sem cair em algum buraco. (Foto: Marcelo Calazans)Seu Ramão precisa fazer várias manobras para tirar o veículo da garagem sem cair em algum buraco. (Foto: Marcelo Calazans)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions