ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Rua Guia Lopes está parcialmente interditada para obras do Exército

Obra de recapeamento de 12,11 km de vias começa na segunda-feira

Por Leonardo Rocha | 11/02/2017 09:49
Agetran aguardava chegada do Exército para interditar rua por completo (Foto: Rafael Ribeiro)
Agetran aguardava chegada do Exército para interditar rua por completo (Foto: Rafael Ribeiro)

A Rua Guia Lopes, no trecho entre a Avenida Afonso Pena e a Rua Brilhante, já está parcialmente interditada para o início das obras de recapeamento, que vai ser realizado pelo Exército, a partir de segunda-feira (13). O convênio firmado com a prefeitura de Campo Grande, prevê a realização de obra em 12,11 quilômetros de vias, no valor de R$ 24 milhões.

Até por volta das 9h30, a equipe do Campo Grande News ainda aguardava, junto dos agentes da Agetran (Agência Municipal de Transportes e Trânsito) a chegada dos militares para interdição total da via. Por hora, apenas as guias de estacionamento estavam bloqueadas.

Os trabalhos irão começam no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Guia Lopes e se estendem até o terminal Aero Rancho, na Avenida Gunter Hans, com previsão de término na Avenida Bandeirantes. Estas ações estão sendo viabilizadas, pois vias irão integrar o futuro corredor sudoeste do transporte coletivo.

O secretário-adjunto de Infraestrutura, Ariel Serra, explicou que o trecho inicial da obra será de 1,57 km de recapeamento, entre as ruas Guia Lopes e Brilhante. Depois serão mais 2,75 km até o terminal Bandeirantes, seguindo para ,92 km deste local até o Terminal Aero Rancho, com as duas pistas da Avenida Gunter Hans, região sul da cidade.

A etapa final será de ,87 km na Avenida Bandeirantes. Além do recapeamento das vias, está previsto a implantação de 6km de drenagem. Serra adiantou que tanto a população, como comerciantes serão informados sobre a padronização das calçadas e mudanças necessárias.

Quando terminar a obra, a prefeitura promete instalar estações de embarque pré-pago a cada 500 metros. Haverá pista exclusiva para circulação dos ônibus, na margem esquerda das vias e na Avenida Gunter Hans, junto ao canteiro central.

Esta parceria com o Exército teve o financiamento no valor de R$ 24 milhões, junto a Caixa Econômica Federal, feito pelo executivo municipal. As obras fazem parte do projeto PAC2 de Mobilidade Urbana, com corredores exclusivos de ônibus.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário