ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Samu recusa transporte de 12 pacientes por falta de macas em ambulâncias

Equipamentos ficaram retidos na Santa Casa por causa do aumento de pacientes e falta de leitos

Por Mirian Machado | 26/02/2021 19:02
Samu tem 14 ambulâncias, porém apenas uma havia maca nesta manhã (26) (Arquivo/Henrique Kawaminami)
Samu tem 14 ambulâncias, porém apenas uma havia maca nesta manhã (26) (Arquivo/Henrique Kawaminami)

O transporte de ao menos 12 pacientes foi prejudicado nesta manhã (26) após o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ter de recusar o serviço por falta de macas nas viaturas. O caso foi confirmado ao Campo Grande News pelo coordenador da unidade Ricardo Rapassi.

Atualmente são 14 ambulâncias do Samu na Capital, porém, duas macas que vão dentro da viatura estavam no Hospital Universitário enquanto a Santa Casa reteve outras 11. “Eles estão com muitos pacientes no pronto socorro e acaba que não tem leitos”, disse Rapassi.

A situação, segundo o coordenador, tem sido recorrente desde ontem, mas hoje pela manhã se agravou e estava disponível apenas uma maca para o Samu fazer o transporte de pacientes.

“Hoje amanheceram 12 pacientes em UPAs já com vagas liberadas, mas não foram transportados devido à falta de macas nas ambulâncias. Priorizamos os pacientes de casa ou rua, mesmo assim ficaram alguns sem atendimento”, disse.

O problema só foi resolvido depois das 16h desta sexta-feira após o Samu pedir auxilio do MPMS (Ministério Público de MS), que enviou um oficio ao hospital e o equipamentos foram liberados.

A reportagem pediu um retorno à Santa Casa sobre a situação, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário