A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Abril de 2019

07/04/2019 09:38

Sediado na Capital, evento internacional vai atrair mais de 1 mil participantes

A 7ª Wildfire - Conferência Internacional de Combate a Incêndios Florestais, acontece em outubro e vai debater a redução da vulnerabilidade por meio do manejo integrado do fogo

Tatiana Marin
Logomarca da 7ª Wildfire que acontece em outubro em Campo Grande. (Foto: Divulgação)Logomarca da 7ª Wildfire que acontece em outubro em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

A 7ª Wildfire - A Conferência Internacional de Combate a Incêndios Florestais, que acontecerá em Campo Grande entre os dias 28 de outubro e 1º de novembro, deve atrair até 1,5 mil participantes. O tema do evento, que será “Frente a frente com o fogo em um mundo em mudanças: redução da vulnerabilidade das populações e dos ecossistemas por meio do Manejo Integrado do Fogo”, já foi definido, e a logomarca, criada pelo servidor do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) Carlos Eduardo Santiago Bedê.

Segundo a Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) que apoia o evento, a Wildfire, que acontece de quatro em quatro anos, é o maior evento do gênero no planeta. As edições anteriores aconteceram em 1989, em Boston (USA), em 1997 em Vancouver (Canadá), em 2002 em Sidnei (Austrália), em 2007 na cidade de Sevilha (Espanha) e em 2011 em Sun City (África do Sul).

Durante a conferência, as todas as partes envolvidas na gestão de incêndios florestais e seus campos relacionados, como silvicultura, clima e meteorologia, ecossistemas, desastres e segurança e saúde humana vão partilhar conhecimentos e experiências sobre a metodologia de gestão de incêndios e debaterão estratégias para o reforço da cooperação internacional.

A decisão de trazer para Campo Grande o Wildfire 2019 foi tomada em fevereiro de 2016, em reunião com diversas autoridades que contou com a presença do titular da Semagro, Jaime Verruck. Em março do ano passado, membros do International Liaison Committee, o Comitê Internacional que organiza a Conferência, estiveram em Campo Grande para reuniões técnicas e vistorias aos locais que abrigará a megaestrutura do evento.

Entre os participantes, são esperados representantes de cerca de oitenta países. Na avaliação dos membros do Comitê, a cidade de Campo Grande foi aprovada por possuir boa rede hoteleira e estrutura própria adequada ao evento. Pesou também na decisão o apoio do governo do Estado, através da Semagro, que vem trabalhando nos preparativos há dois anos, logo após a cidade ter sido escolhida para sediar a Wildfire 2019. Município e governo federal também são parceiros, além do envolvimento do trade e entidades empresariais.

Veja abaixo o esboço da programação da Wildfire 2019:

Programação da Wildfire 2019. (Foto: Divulgação)Programação da Wildfire 2019. (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions