A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/06/2012 10:30

Sem CNH, rapaz de 18 anos tenta atropelar policiais e acaba baleado

Elverson Cardozo e Franscisco Júnior
Confusão aconteceu no cruzamento da rua Sebastião Lima com a Gonçalves Dias. (Foto: Simão Nogueira)Confusão aconteceu no cruzamento da rua Sebastião Lima com a Gonçalves Dias. (Foto: Simão Nogueira)
Motorista perdeu o controle do carro e acabou colidindo contra meio fio. (Foto: Simão Nogueira)Motorista perdeu o controle do carro e acabou colidindo contra meio fio. (Foto: Simão Nogueira)

Um rapaz de 18 anos foi preso após tentar atropelar três policiais militares no início da madrugada deste sábado (23), no bairro Monte Líbano, em Campo Grande.

De acordo com boletim de ocorrência, Leandro Fernandes dos Santos, que não tem CNH, conduzia um veículo GM Opala Comorodo, com placas de Dourados, pela avenida Fernando Correa da Costa em alta velocidade e passando nos semáforos em sinal vermelho.

Os policiais Rafael Ribeiro, 25 anos, Vagner Esteves, 30 anos, Lúcio Flávio Lopes, 30 anos, faziam ronda pela região e flagraram o motorista dirigindo com imprudência.

Segundo o boletim, os PMs deram sinal luminoso e sonora para o motorista parar, porém ele desobedeceu e fugiu em disparada. Os militares, então, o perseguiram e conseguiram localizar o veículo no cruzamento da rua Sebastião Lima com a Gonçalves Dias, no Monte Líbano.

Durante a perseguição, o condutor perdeu o controle do veículo, que derrapou e acabou colidiu contra o meio-fio. Um dos PMs se aproximou com arma em punho e ordenou que o motorista descesse do carro.

Leandro abriu a porta e fez menção que iria descer, porém entrou novamente no Opala, engatou a marcha ré e tentou atropelar dois policiais, que só não foram atingidos, porque pularam das motocicletas. Os dois veículos ficaram danificados.

Neste momento, o PM que fez a abordagem, efetuou dois disparos acertando o carro. Mesmo com os tiros, o condutor tentou novamente atropelar os militares. Os três policiais revidaram atirando várias vezes contra o veículo.

Leandro perdeu o controle da direção e o carro acabou batendo contra um poste de sinalização. Após o acidente, ele foi imobilizado juntamente com o outro rapaz, André Paulo Cabral Loubet, passageiro do veículo.

De acordo com o boletim de ocorrência, o condutor foi ferido no braço esquerdo. Ele foi encaminhado para a Santa Casa e passa bem.

Leandro responderá pelos crimes de dano ao patrimônio público, perigo para a vida, desobediência, desacato e falta de permissão ou habilitação para dirigir.

No local onde aconteceu o incidente havia capsula de bala.

Cápsula deflagrada ficou no local. (Foto: Simão Nogueira)Cápsula deflagrada ficou no local. (Foto: Simão Nogueira)

A funcionária pública Maura Castro, de 45 anos, afirmou que estava em casa, esperando o filho chegar, quando ouviu os disparos e barulho de aceleração. “Ouvi de 6 a 8 tiros”, disse.

Em poucos minutos, relatou, a rua foi tomada por viaturas da polícia. “Só vi uma moto caída atrás do Opala e ouvi o rapaz xingando os policiais”. “Nós assustamos porque estava tão tranquilo”, acrescentou.

A musicista Irma Martins, de 46 anos, mora em uma casa que fica na esquina da Sebastião Lima com a Gonçalves Dias, local onde o motorista colidiu contra o meio-fio.

Irmã não chegou a sair de dentro de casa, mas confirma o que a funcionária pública afirmou. Conta que acordou assustada com o barulho e que ouviu mais de 10 tiros. “Achei um horror o tanto de tiros que eles deram”, disse.

Andria Martins, de 43 anos, disse que ligou para o 190 e recebeu a informação de que era para ficar dentro da residência porque a polícia estava em perseguição a um suspeito armado.



PARABÉNS A PM/CG... Foi retirado das ruas de nossa cidade mais um motorista irresponsável, com toda certeza foi se evitado um acidente na madrugada violenta do transito de CG. Cadeia neles!
 
JULIANO MACEDO em 24/06/2012 08:31:00
a policia militar esta de parabens sob o comando do cel David por ter em seu quadro valorosos e corajosos integrantes da corporação que agiram com eficiência e Determinação coibindo a ação desse marginal que de forma criminosa usou o seu veiculo, possante como arma contra representante do Estado se não fosse contido faria com certeza vitimas ao longo de seu trajeto criminoso cadeia nesse marginal,
 
sebastião cesar em 24/06/2012 07:32:01
É vergonhoso como tem gente que ainda tem a ousadia de dizer "achei um horror o tanto de tiros que eles deram..." tentaram matar os pm, resistiram a prisão, desacataram, e ainda tem gente que quer passar a mao na cabeça, é por isso que o país está assim, TENHA PACIENCIA PRA OUVIR ESSES COMENTARIOS!
 
Adriano Lima em 24/06/2012 07:27:00
Estranho, o rapaz me parece que não estava armado. Os policiais não deveriam responder com tiros. Depois pedem para a população não usar armas.estes acidentes causa distancia, entre a população e os policiais.
 
Gilberto DIAS em 24/06/2012 04:59:43
Não sei não.
Como já comentaram, tem muita água p rolar por debaixo dessa ponte.
E sabemos que algo que ocorre NÃO tão certo, a propagando oficial e a turma dos amiguinhos sempre se pronunciam rapidamente contanto a sua versão. Vamos aos fatos.
 
Madalena Arre Pendid em 24/06/2012 01:44:59
Alem de responder a todas as acusações esse jovem deveria ter que pagar novas motos para policia afinal danificou as motos que serviam a população.
 
Jean Carlo em 24/06/2012 01:08:42
sera que a historia é assim mesmo?alguns policiais são muito provalecidos,quem vai dizer alcontrario do que eles disseram.
 
marco antonio em 23/06/2012 12:46:13
que sirvade exemplo para alguns imbecis que julgam-se acima da lei por serem filhinhos de papai,contra força não há resistência.
 
franciscoda silva em 23/06/2012 12:31:33
Excelente serviço desses honrrosos policias,barraram mais um suposto causador de acidentes no trânsito ...pena que danificou a moto do policial...Dignos de elogío..
 
odevair de brito oliveira em 23/06/2012 12:09:10
Bandido é assim mesmo... tá certo o que fizeram, xilindró, sol quadrado por uns 10 anos, espero...precisamos nos ver livre de gente deste naipe.
 
CIPRIANO CARVALHO em 23/06/2012 12:01:53
Sr. JOSE ANTONIO, concordo contigo. Se nao couber tentativa de homicídio, ao menos tentativa de lesão corporal grave. Ocorre que t4em delegado que prefere fazer o feijão com arroz pra ter menos trabalho.
 
Joao Carvalho em 23/06/2012 11:52:53
PARABÉNS AOS POLICIAIS. SE O CARA NÃO RESPEITA NEM A POLICIA, MUITO MENOS RESPEITARA A UM CIDADÃO DE BEM. TEM QUE TIRAR DE CIRCULAÇÃO.
 
MAURICIO BARBOSA em 23/06/2012 11:46:49
Yessssssssssssssss! Parabéns ao policiais! Tem que ser assim mesmo. Vagabundo tá tomando conta do país por contas das limitações impostaos aos policiais. Se todos agissem assim, esses vagabundos pensariam duas vezes antes de desobedecer ou desacatar a polícia. E se não fossem rápidos, talvez hoje teríamos duas mães chorando a morte dos filhos que estavam a serviço da siciedade.
 
LUCINEIA RODRIGUES em 23/06/2012 11:33:11
"um horror, pra quê tantos tiros". Os policiais não tem direito à legítima defesa? Não vemos noticiarem a morte de policiais em serviço, apenas de que mataram alguém bandido ou não. As pessoas acham que policial não é um ser humano e não tem família também....aaafffff
 
Simone Lima em 23/06/2012 11:17:07
Senhores, a historia so comecou, ainda nossos valoros policiais vao responder por uso indevido da forca, tortura, entre outros, tenho dito, e so checar os sobrenomes dos meninos de bem, ah, ainda vao ter que pagar os danos as motos e ao automovel, esperem para ver....
 
Jose carlos em 23/06/2012 11:13:19
Parabéns ao Policiais Militares!!!! excelente atitude e excelente servíço!!!
Chega de hipocrisia!!!! Policia não pode dar "mole" pra bandido; para pessoas que não respeitam a lei!!!Esse maloqueiro deveria responder por "tentativa de homicídio", pois usou o seu veículo como uma "arma" e atentou contra a vida dos PMs, e os PMs só responderam a essa injusta agressão! EXCLUDENTE DE ILICITUDE
FEZ BEM!
 
Eduardo de Sá em 23/06/2012 11:13:16
A Sra. Irma Martins achou um horror o tanto de tiros que "eles" deram, mas não acha um horror Policiais sendo quase "mortos" por outra "arma" que é um condutor descontrolado na direção de um veículo. Falar mal do Policial é fácil, mas vai lá encarar as coisas como Eles encaram. Só uma pergunta: O que a Sra. Martins faria no lugar dos Policiais? Daria flores ao infrator?
 
André em 23/06/2012 11:07:18
PARABÉNS AOS POLICIAIS MILITARES. AGIRAM CORRETAMENTE (USO PROGRESSIVO DA FORÇA), MEDIANTE A INJUSTA AGRESSÃO CAUSADA POR PARTE DO AUTOR.
 
SAMUEL DA SILVA SANTOS em 23/06/2012 11:02:19
"Um horror" é este cidadão atentar contra a vida de policiais que estavam trabalhando para garantir a paz e o sono do cidadão, Sra. Irma Martins. Parabéns aos policiais pela ação, se fossem menos preparados, poderíamos estar lamentando a morte de um deles uma hora dessas por uma pessoa que não tem o mínimo de responsabilidade.
 
carlos moraes em 23/06/2012 11:02:02
PARABÉNS AOS POLICIAIS MILITARES. AGIRAM CORRETAMENTE (USO PROGRESSIVO DA FORÇA) MEDIANTE A INJUSTA AGRESSÃO CAUSADA POR PARTE DO AUTOR.
 
samuel da silva santos em 23/06/2012 10:59:35
Esse individuo tinha que responder também por tentativa de homicídio, pois ele usou o carro como uma arma contra os policiais.
 
JOSE ANTONIO em 23/06/2012 10:58:58
Ainda ficou barato pro marginal. Além de mofar na cadeia, tinham que fazer ele ou a família pagar pelos prejuízos.
 
Ricardo Farias em 23/06/2012 10:52:44
Juiz tinha que mandar calcular o gasto com munição, as motos danificadas e o meio-fio e fazer esse *** pagar! Pagaria pra ver um *** desse pintar meio-fio aos finais de semana durante a pena.
 
João Carlos em 23/06/2012 10:39:48
Parabéns aos policiais...falta duas coisas hoje nessa juventude perdida de hoje: DEUS E FAMÍLIA...
 
Arildo Pinho em 23/06/2012 09:10:23
PARABENS POLICIAIS, SENHORES COMANDANTES NAO PUNA ESSES POLICIAIS, PAREM COM ESSA MENTALIDADE DE PUNIR!!!!!!!!!! ELES SÓ FIZERAM O QUE A CONSTITUIÇÃO DETERMINA, PRESERVARAM A ORDEM PÚBLICA! AFINAL OS "SANTINHOS" DOS MORISTAS ESTAVAM AMEAÇANDO O DEMAIS USUÁRIOS DAS VIAS.
 
emerson de oliveira em 23/06/2012 06:48:33
Absurdo o comentário da moça. "Achei um horror o tanto de tiros que eles deram”. Queria que os policiais morressem primeiro? Ara, faça me o favor!
 
Anderson Alves em 23/06/2012 06:25:51
Parabéns a esses policiais. Deveriam ter salários compatíveis aos riscos enfrentados, como por exemplo, este.
 
Edson Chaves em 23/06/2012 06:17:24
Parabéns Policiais.

Exemplos como esse intimidam os "Vida Loka".
 
Antonio Lucas em 23/06/2012 06:01:59
Por que não foram indiciados por tentativa de homicídio? A pena não seria maior?
 
solange fernandes em 23/06/2012 05:12:15
Parabens aos policiais. Se o individuo não respeita nem a policia vai respeitar quem?
 
Fabio Walney em 23/06/2012 04:50:40
Ta virando moda fugir de policiais, das fiscalizacões e sair igual bandido correndo pelas ruas e atropelando quer seja policiais ou nao.. esses sao os nossos cidadaos de bem.. é palhaçada
 
fabio cardoso em 23/06/2012 04:35:08
Praa la de certos
 
Leticia Nogueira em 23/06/2012 02:56:22
Parabéns aos policiais, excelente serviço, tem que tirar de circulação esse tipo de gente que mata pessoas no trânsito e nem sentem remorso. A sociedade está cansada de perder familiares por causa de muleke "roletando" semáforo, como aconteceu no mês passado entre tantos outros casos.
 
renan peixoto em 23/06/2012 02:34:00
Que parabéns para esses policiais nada, eles não fazem mais que a obrigação deles. E também eles tem que parar de ficar dando tiros a torta e direita quase todos os dias, não são eles que pagam a munição.
 
Fabiano França em 23/06/2012 02:23:14
Parabéns policia militar de Mato Grosso do Sul!!!
 
fatima oliveira em 23/06/2012 02:11:02
É cada um com um português lindo nesses comentários. Vão estudar primeiro para depois falar de alguém.
 
Paulo Henrique em 23/06/2012 01:51:11
Pra vocês verem como ja esta a situação em relação ao transito,se nenhuma altoridade competente tomar alguma providencia logo a tendencia é só piorar.
 
Fernando Barros em 23/06/2012 01:45:12
Nossos policiais não são treinados para se defender e atirar, qdo chegam ao extremo ainda tem que pensar aonde vam atirar para não sofrer punições, mesmo estando cumprindo seu dever. Enquanto o bandido já mira na cabeça deles. Perdemos, jovens e bandidos não respeitam pais, nem leis e muito menos autoridades, somente a força extrema podem fazê-los parar. Acho que isso tem que ser mais usado
 
Mario Fernandes Silva em 23/06/2012 01:03:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions