A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/10/2013 18:42

Sem empresa de limpeza, prefeitura faz mutirão em cemitérios

Zana Zaidan
No cemitério Cruzeiro, mais de 50 homens se revezam em regime de urgência para limpeza (Foto: Cléber Gellio)No cemitério Cruzeiro, mais de 50 homens se revezam em regime de urgência para limpeza (Foto: Cléber Gellio)

Os dois cemitérios públicos municipais de Campo Grande, Santo Amaro e Cruzeiro, vão estar com a manutenção em dia para visitação no feriado de Finados, 2 de novembro. Pelo menos é o que espera a prefeitura, que estabeleceu mutirão para limpeza dos túmulos, capina e conservação das calçadas do entorno.

A dez dias da data em que os cristãos fazem nos cemitérios, a urgência acontece porque a prefeitura está sem empresa para fazer o serviço.

Desde o dia 17, servidores municipais que tem como atribuição cuidar da manutenção de vias, escolas, Ceinfs, e outros espaços públicos, alocados na Seintrha (Secrataria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), foram remanejados para fazer o mesmo serviço temporariamente nos dois cemitérios: no Santo Amaro são 64 encarregados, enquanto no Cruzeiro, 54 funcionários receberam a função. O trabalho é feito diariamente das 7 às 17 horas.

 

 

No Santo Amaro, a limpeza para receber a população no feriado de Finados também já começou (Foto: Cléber Gellio)No Santo Amaro, a limpeza para receber a população no feriado de Finados também já começou (Foto: Cléber Gellio)

Acúmulo de funções - O grupo remanejado foi informado que o contrato com a empresa especializada foi cancelado e que, por isso, precisariam trabalhar nos cemitérios. “Explicaram, mas garantiram que em 15 dias voltaríamos à rotina normal”, conta um dos trabalhadores. Nenhum deles quis se identificar porque a prefeitura não autorizou os servidores a passar informações sobre a medida.
Além da limpeza, o trabalho de coveiro também tem sido feito pelos remanejados. “Final de semana que fica mais complicado, porque o certo era ter quatro pessoas para conseguir carregar um caixão. Mas só ficam dois, e aí complica para nós, e contamos com a ajuda de um parente do morto para dar conta”, relata outro funcionário.

Por duas vezes, a prefeitura de Campo Grande revogou a concorrência aberta para a contratação de empresa especializada para manutenção dos cemitérios. No dia 5 de setembro, a decisão foi publicada no Diário Oficial da cidade. No dia 17, o Executivo adiou pela segunda vez o pregão para escolha da empresa.

Prefeitura adia escolha de empresa para limpeza em cemitérios pela 2ª vez
A Prefeitura de Campo Grande suspendeu, na quinta-feira (17), a licitação para contratação de empresa especializada para prestação de serviços de man...
Mulher é atropelada pelo ex-marido e está em estado grave na Santa Casa
Uma mulher de 33 anos foi atropelada pelo ex-marido e está internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, sedada e entubada na CTI (Centro ...


imagina que ao ler esta materia fiquei muito preocupado com nossos entes querido, que ja se foram,agora quem fica por aqui que precisa usar os parques com as piscinas sujas,cheias de lixos,as ruas esburacadas,agora estou no movimento fora bernal.
 
marcos loureiro em 22/10/2013 19:03:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions