A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/03/2016 07:50

Sem manutenção, buraco em rua cresce e chega à rede de drenagem

Ricardo Campos Jr.
Situação do buraco na Rua Nova Bandeirantes às 7h50 da manhã de hoje (Foto: Ricardo Campos Jr.)Situação do buraco na Rua Nova Bandeirantes às 7h50 da manhã de hoje (Foto: Ricardo Campos Jr.)
Reparo feito pela prefeitura (Foto: direto das ruas)Reparo feito pela prefeitura (Foto: direto das ruas)
Buraco após a chuva: terra foi levada pela enxurrada (Foto: Alan Nantes)Buraco após a chuva: terra foi levada pela enxurrada (Foto: Alan Nantes)

Moradores questionam o “reparo” feito em um buraco na Rua Nova Bandeirantes, na Vila Jacy, em Campo Grande. O local começou com uma pequena cratera no asfalto semelhante às que existem por toda a cidade, mas, fora da lista de prioridades do poder público, aos poucos ficou mais fundo até chegar à rede de drenagem.

Na segunda-feira (29), uma empresa a serviço da Prefeitura simplesmente preencheu a fenda com terra. Parte do material foi, inclusive, levado pela chuva algumas horas depois.

Além disso, a erosão provocada pela enxurrada juntou duas fendas, surgindo uma grande abertura na pista que prejudica o trânsito e arrisca a segurança principalmente dos motociclistas. Problemas no local foram mostrados em reportagem do Campo Grande News sobre as crateras na região. Na época, ele tinha poucos centímetros de profundidade, apesar do grande diâmetro.

“Uma porcaria”, diz a boleira Zelinda Lopes da Silva, 51 anos, sobre a “solução” do município para o buraco. “Pelo amor de Deus, se isso for um serviço, eu mesma vou fazer. Eu ainda falei com os rapazes quando eles estavam aí e me disseram que iam tampar, mas quando eu vi só tinha terra. Estamos abandonados”.

Na opinião dela, a situação não teria chegado a esse ponto se o buraco não tivesse sido arrumado enquanto estava pequeno. “Era um buraquinho que qualquer coisinha tampava ele, mas a chuva aqui é muito forte quando desce”, afirma.

Zelinda acrescenta ainda que a terra levada pela chuva é dinheiro jogado fora, já que algum dia a prefeitura deve voltar ao local para um conserto definitivo.

“Eu sei que a chuva prejudica, mas acho que eles deveriam ter um pouco mais de capricho, porque são duas despesas. Colocaram a terra e gastaram alguma coisa para fazer isso, não foi de graça, tudo tem um custo. Daí eles vão ter que voltar novamente, colocar de novo a terra para depois eles virem tampar novamente. Por que não fizeram tudo de uma vez? Era muito mais simples”, relata a moradora.

Segundo ela, várias pessoas tiveram avarias em veículos passando pelo local. “Cada carro que passava e batia, eu ficava até com dó dos donos”, pontua.

O chefe de cozinha Marlon Henrique de Oliveira, 25 anos, conta que não foi a primeira vez que o município tenta resolver a situação apenas com terra. “Eles já arrumaram e já fizeram umas duas vezes, só que eles fazem mal feito, jogam areia e qualquer chuvinha leva. Aqui desce muita água e carrega tudo”, afirma.

Ele anda de moto e quando há carros estacionados ao lado do buraco, a solução e mudar o trajeto para a casa dos pais. “A gente tem que dar a volta na quadra”, diz. “Está faltando responsabilidade da prefeitura na qualidade do asfalto. É um trabalho péssimo. Era para estar resolvido”.

A assessoria de imprensa da prefeitura, ao ser questionada sobre o assunto, disse apenas que o local havia sido arrumado pela manhã.

Buracos na Rua Nova Bandeirantes no dia 16 de fevereiro (Foto: Marcos Ermínio)Buracos na Rua Nova Bandeirantes no dia 16 de fevereiro (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions