ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Sem receber 13º, odontólogos denunciam Bernal por improbidade administrativa

Por Amanda Bogo | 21/12/2016 10:44

Por ainda não terem recebido o 13º salário, odontólogos da Prefeitura Municipal de Campo Grande denunciaram nesta quarta-feira (21), no Ministério Público Estadual, o prefeito Alcides Bernal (PP), por improbidade administrativa.

No documento, a classe pede mandato de segurança coletivo para o pagamento integral do décimo terceiro salário e a proibição do parcelamento do valor. De acordo com o presidente da AOCG (Associação de Odontólogos da Prefeitura de Campo Grande), Carlos Silva Borges, a denúncia foi motivada pela falta de condições trabalhistas que a categoria tem enfrentado nos últimos três anos. O não pagamento do 13º teria sido a gota d’água para a categoria buscar uma solução na justiça.

"Em três anos não tivemos reposição salarial e os pagamentos já atrasaram. Trabalhamos sem condição, e apesar de toda a saúde estar precária, a área odontológica está sucateada. Agora não pagaram o décimo terceiro. Nossa denúncia é uma reação disso tudo. Não estamos pedindo nada além do nosso direito”, explicou. 

Borges disse não ter nenhum posicionamento formal da prefeitura sobre a situação. Um dos pedidos na denúncia ao Ministério Público é que o pagamento não seja parcelado. “O prazo legal era até a meia noite do dia vinte, e agora já esta indo contra a lei. Falam que vão ver como vai pagar, quem vai receber uma quantia mínima. Quem garante que vão pagar se for parcelado? O prefeito nem nos recebe para conversar”.

Procurada para comentar sobre o assunto, a Prefeitura de Campo Grande, por meio de sua assessoria de imprensa, disse não ter sido informada a respeito da denúncia.

Pagamento funcionários - Em nota divulgada em relação ao pagamento do 13º salário aos funcionários públicos, a prefeitura informou que a administração municipal definiu o pagamento do 13º dos servidores, sendo que os que ganham até R$ 2.000,00 (cerca de 7.000 funcionários) receberão seu pagamento integral. Os servidores que têm salário acima deste valor (10.000) receberão R$ 1.500,00. O depósito será feito nesta quarta-feira (21) e na quinta (22) já estará liberado na conta dos servidores. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário