A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/04/2011 08:26

Sem-terra faz marcha por reforma agrária e novo chefe para o Incra

Aline dos Santos e Viviane Nunes
Sem-terra marcham pelas ruas da Capital no Abril Vermelho. (Foto: João Garrigó)Sem-terra marcham pelas ruas da Capital no Abril Vermelho. (Foto: João Garrigó)

Sem-terra marcham pelas ruas de Campo Grande, em direção ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), para cobrar que o governo federal nomeie um novo superintendente para o órgão em Mato Grosso do Sul.

Com gritos de "terra" e reforma agrária, cerca de 350 pessoas participam da passeata na manhã desta terça-feira. O grupo chegou ontem à Capital e permaneceu acampado próximo ao HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, no bairro Aero Rancho.

O mês de abril, batizado de Abril Vermelho, é marcado por mobilizações nacionais em alusão ao Massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 1996.

Em agosto do ano passado, o então superintendente do Incra, Waldir Cipriano Rabelo, foi exonerado após ser preso na operação Tellus, realizada pela PF (Polícia Federal). Em seguida, Manuel Furtado Neves assumiu o comando do órgão de forma interina.

“O Manuel é apenas um interventor. Ele é do Rio de Janeiro, não conhece a realidade do Estado”, afirma Tadeu de Moraes Delgado, liderança do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra). A passeata é acompanhada pela polícia militar de trânsito.

Sindicalistas da Fetagri vão ao DF nesta 2ª para pedir reativação do Incra em MS
Categoria diz que situação do instituto está “insustentável” no EstadoPelo menos cinquenta sindicalistas, ligados à Fetagri (Federação dos Trabalhad...
MST defende investigações no Incra em MS e retomada de lotes vendidos
O MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) em Mato Grosso do Sul pede que a PF (Polícia Federal) e MPF (Ministério Público Federal) investiguem ri...
Servidores do Incra são denunciados por forjarem certidões de lotes
Eles cobravam R$ 3 milO MPF (Ministério Público Federal) denunciou quatro servidores do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária),...
Incra tenta liberar processos de desapropriações e compras avaliados em R$ 48 mi
A superintendência do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) quer que a Justiça Federal suspenda a decisão do ano passado que pa...


Cambada de oportunistas....
 
eduardo kotlevski em 16/04/2011 03:53:08
Estou trabalhando duro p conseguir comprar minha casa ,e esses ai ficam desempregados o tempo todo pedindo terras de mão beijada
 
patricia orfila em 14/04/2011 11:26:58
Olha a 'panca' dos 'sem terra': chapéu panamá, brinco com pérolas, óculos de sol 'pomposo', calça da moda... E prá piorar, ainda envolvem crianças no meio dessa passeata! Esse é um país sem 'eira e nem beira'! Essa reforma agrária é a mesma falta de vergonha que o assistencialismo que o governo federal tanto prega! E o mais engraçado é que, quando se passa em frente a um acampamento desses, dificilmente não se vê um carro! Isso tudo é uma hipocrisia sem tamanho! A sigla MST virou um cartel de grileiros que grita aos olhos dos trabalhadores impotentes, que pagam impostos, cumprem horário de expediente e no final do mês ficam sem dinheiro para comprar o essencial! Tem-se que ajudar os necessitados sim, não so 'sem-vergonha'!
 
Ricardo Franco em 12/04/2011 11:33:05
Esse negócio de sem terra, é só fachada. Pesquisem e verão que a maioria possui, carros, casas, e alguns até mansões. Sem dizer das "caminhonetes" Hylux, s10 dupla e etc... Isso é sem terra???
 
Marcelo Max em 12/04/2011 10:39:59
Vai começar a baderna novamente. Todo ano acontece estes protestos ridículos, realizado por esta organização criminosa chamada MST . O que revolta, é que nenhuma autoridade constituida faz nada pra impedir.

Se este ato criminoso que está sendo realizado pelo MST fosse num país sério, onde as leis são cumpridas, estes marginais já estariam presos. Eu heimmmm !!!!!!!!!
 
Francisco Braz em 12/04/2011 10:12:11
Concordo que toda manifestação é falida e salutar que tenha um objetivo.

Mas nesta foto se todos são sem terra, tem muita gente que nunca parece ter tomado sol na vida......e imagina pegar em uma enxada....
 
julio cesar da silva em 12/04/2011 10:05:36
OLHA SÓ O ROSTP DOS SEM TERRAS, TUDO COM CARA DE PESSOAS BEM DE VIDA...QUERM TOMAR TERRA DE QUEM TRABALHA...
 
rodrigo mareto em 12/04/2011 09:20:00
Pela foto apresentada tem cara ai que nunca viu uma enxada e se diz trabalhador rural pretendente a um pedaço de terra, parece mais um agitador.
 
Milton Silva - Campo Grande - MS em 12/04/2011 09:16:47
Quanto mais terra da, mais esse povo quer!
 
Giovani Freitas em 12/04/2011 09:13:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions