A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/11/2015 10:25

Só um hospital faz atendimento pediátrico por todos os planos

Juliana Brum
Na Capital há apenas um Hospital particular atende o setor de pediatria através de convênios ( Foto - Gerson Walber)Na Capital há apenas um Hospital particular atende o setor de pediatria através de convênios ( Foto - Gerson Walber)

A questão de saúde voltada para a especialidade de pediatria tem se tornado um drama para os pais que precisam do serviço particular, proque atualmente em Campo Grande dos cinco prontos atendimentos particulares, apenas um está atendendo normalmente todos os planos de saúde, o Hospital São Lucas.

Já o ProntoMed e o Hospital El Kadri não atendem mais o setor de pediatria. O Hospital da Criança não atende todos os convênios.

Segundo o diretor presidente do Hospital El Kadri, Mafuci Kadri, o que levou o estabelecimento a extinguir o setor de pediatria foi a falta de profissionais, que já é um problema antigo.

"Espaço no hospital nós temos, o problema mesmo é a dificuldade em ter pediatras a disposição, além da questão dos baixos repasses efetuados pelos planos de saúde" justificou Mafuci.

O presidente do hospital também explicou que o cartão fidelidade El Kadri, que atende a parte de pediatria no São Lucas, é um convênio a parte e não do hospital, mesmo tendo o mesmo sobrenome.

O Pronto Med, atendimento particular da Santa Casa de Campo Grande foi reformado e não oferece o serviço de pediatria particular. Segundo o diretor-presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco, um dos motivos da opção em retirar o serviço é justamente o problema das dificuldades das baixas remunerações oferecidas pelas operadoras de saúde.

"Acabamos optando em fortalecer o setor de ortopedia do ProntoMed, diante a dificuldade da remuneração com os convênios de saúde, além de não conseguir manter as escalas dos médicos pediátricos" afirmou Teslenco.

Rosemere Carrareto, 48 anos, administradora do hospital da Criança confirmou que, devido aos valores das tabelas de remunerações dos planos, nem todos são interessantes. Por isso, a instituição só atende alguns planos de saúde. Também mantém convênios que oferecem descontos, como no caso da pax e da Central Saúde que podem chegar a 50% de desconto nas consultas. Para quem não tem nenhum tipo de convênio, a consulta pode chegar a R$ 400.

"O Hospital da Criança não atende urgência e emergência devido sua estrutura. Nem sempre ele está cheio devido os diferentes profissionais que atendem no dia. Muitas vezes os médicos que aqui também são sócios proprietários do hospital fazem daqui uma extensão de seus consultórios particulares o que pode atrair mais pacientes. Aos finais de semanas normalmente são os dias mais cheios" explicou Rosemere.

A administradora também falou sobre o problema da dificuldade em encontrar pediatras.

"A falta de pediatras é um fato que dificulta muito quando se trata de algumas doenças que necessitam de especialistas no assunto. O hospital tem alguns médicos parceiros que atendem sub-especialidades que quando necessário são chamados, para que possamos oferecer um atendimento de qualidade," falou Carrareto.

Pronto Med apostou na ortopedia após reforma ( Foto - Gerson Walber)Pronto Med apostou na ortopedia após reforma ( Foto - Gerson Walber)
O presidente do El Kadri alega que a opção de tirar a pediatria não foi por falta de espaço (Foto - Gerson Walber)O presidente do El Kadri alega que a opção de tirar a pediatria não foi por falta de espaço (Foto - Gerson Walber)

Apenas o Hospital São Lucas atende normalmente todos os planos de saúde na Capital e o local está sempre muito cheio. O tempo de espera para o pré-atendimento chega a 40 minutos, segundo uma mãe, que não quis se identificar. O estabelecimento atende todos os planos de saúde

O hospital atende 24 horas e só nos finais de semana não tem ortopedistas. Diariamente são dois pediatras que atendem toda a demanda. A média de atendimento vem sendo de 150 a 250 pacientes por dia. O valor da consulta particular é de R$ 200.

"Estamos aqui há mais ou menos três horas, mas fomos muito bem atendidos e estamos saindo satisfeitos com o atendimento do hospital. Procuramos o atendimento particular porque em Camapuã mesmo o particular é precário e estamos há mais de três meses esperando um diagnóstico para o nosso filho de um ano e seis meses" desabafou Evaline Katiusia Souza, 22 anos.

Segundo a operadora Unimed Campo Grande, ela é a única do Estado que tem convênio com todos os hospitais que fazem atendimento pediátrico em Campo Grande. E inclusive, vai disponibilizá-lo também em seu novo Hospital Unimed Campo Grande – que está em construção e deve ficar pronto em agosto de 2016.

 

Diariamente o Hospital é procurado até por pessoas de outros municípios como Hospital referência (Foto - Gerson Walber) Diariamente o Hospital é procurado até por pessoas de outros municípios como Hospital referência (Foto - Gerson Walber)
O hospital da Criança estava vazio enquanto o São Lucas com filas de espera ( Foto - Gerson Walber)O hospital da Criança estava vazio enquanto o São Lucas com filas de espera ( Foto - Gerson Walber)


UM ABSURDO, UMA VERGONHA E O MINISTÉRIO PUBLICO ESTÁ FAZENDO O QUE PRA MUDAR ESSE TRISTE QUADRO?
 
LUCIANO MARQUES em 14/11/2015 11:11:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions