A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/04/2016 10:25

Sobe para 12 o número de presos por envolvimento com atentados a ônibus

Guilherme Henri
Corumbazinho estava prestes a fugir para o município de mesmo nome de seu apelido (Foto: Divulgação Choque)"Corumbazinho" estava prestes a fugir para o município de mesmo nome de seu apelido (Foto: Divulgação Choque)

Já são 12 o número de detidos por estarem envolvidos com a onda de ataques a ônibus na Capital. Metade dos suspeitos são adolescentes e a prisão mais recente foi realizada na noite de ontem (20), por volta das 21h, pelo Batalhão de Choque, na rua Dolores Duran, no Jardim Campo Alto, em Campo Grande. Além dos detidos, um detento do Presídio de Segurança Máxima já foi identificado como sendo um dos “cabeças” dos atentados.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais militares receberam a informação de que Josiel Aparecido Lemos da Silva, o “Corumbazinho”, 19 anos estava em uma praça existente no local e era suspeito de estar envolvido aos ataques.

Ele foi abordado e em checagem ao banco de dados da polícia foi verificado a existência de um mandado de prisão em aberto.

Segundo policiais do Choque, Corumbazinho estava com uma passagem no bolso com destino ao município de mesmo nome de seu apelido e sua intenção era fugir. “Ele foi preso e levado para o Garras, pois a informação que nos foi passada é que o nome dele apareceu durante as investigações aos atentados”, explica o PM Leandro Barros.

No total, cinco ônibus foram alvos dos detidos sendo que deles três foram queimados e o restante apedrejado. Além dos ônibus, cinco agentes penitenciários sofreram tentativa de envenenamento no Presídio de Segurança Máxima da Capital e três detentos foram mortos.

A onda de terror teve início em retaliação a uma ação realizada na Máxima no dia 13 deste mês em que foram apreendidos 71 celulares, chips e várias porções de drogas, além de outros objetos proibidos no presídio.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions