A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/02/2012 15:01

Som da Concha terá dois grupos de samba neste domingo

Francisco Júnior

Os shows começam às 18h30, no palco da Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é franca.

Som Release e Gideão Dias são as atrações deste domingo (12º) do projeto Som da Concha, em Campo Grande. Os shows começam às 18h30, no palco da Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é franca.

Formado por Max (cavaco e voz), Anderson Lima (violão), Cristiano Duarte (surdo e percussão), Nilson Batista (pandeiro), Roger Rodrigo (Rebolo) e Diogo Amorim (reco-reco e percussão), o Som Release surgiu em 2010 com integrantes da antiga formação do Samba di Prima.

O grupo possui uma linguagem musical inspirada no pagode e samba de raiz. Em suas apresentações apresenta releituras de sambas antigos, pagodes atuais e músicas autorais.

Os músicos já dividiram o palco com Liomar, do Grupo Pique Novo e Sorriso, do Bokaloka; realizou abertura de shows para grupos como Exaltasamba, Raça Negra, Pique Novo e Samprazer e já apresentou sua música em cidades como Dourados, Ponta Porã, Ladário, Jardim e Três Lagoas.

Há 13 anos o cantor e compositor Gideão Dias conta sua história através do samba. Há quinze anos residindo na Capital Morena, integrou os grupos Puramizade, formado por colegas de escola e Só no Balanço, composto por músicos mais experientes.

Participou de gravações e shows de grandes artistas, como Jucy Ibanês, Tuniquinho da Viola, Bibi do Cavaco e Zeca do Trombone e também como músico acompanhante do renomado compositor Luiz Ayrão. Brasilidade foi o último grupo que o cantor integrou antes de dar início à carreira solo, em 2008.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions