A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

24/06/2019 16:49

Suspeito de atirar no filho por conta de dívida se apresenta à Polícia Civil

Eder Lincoln Gonçalves da Cunha, 54 anos, está sendo interrogado no 1ºDP; mãe da vítima diz que crime ocorreu por conta de dívida

Silvia Frias e Liniker Ribeiro
Eder é principal suspeito de ter atirado no filho, de 28 anos (Foto: Direto das Ruas)Eder é principal suspeito de ter atirado no filho, de 28 anos (Foto: Direto das Ruas)

Eder Lincoln Gonçalves da Cunha, 54 anos, apresentou-se há pouco na 1ª DP de Campo Grande e está sendo interrogado. Ele era procurado por suspeita de ter atirado no filho, de 28 anos, em discussão relacionada a dívidas de R$ 2 milhões.

A informação de que ele se apresentou à polícia foi confirmada pelo advogado José Roberto da Rosa. Eder Cunha está sendo interrogado pela delegada Daniela Kades.

Ao Campo Grande News, a mãe da vítima, Alessandra Ferreira, 44 anos, disse que o motivo da briga entre pai e filho refere-se a dívidas que somam quase R$ 2 milhões. Ela relatou que a vítima morava com o pai desde os 10 anos e, quando completou 18 anos, Eder começou a usar o nome dele para realizar compras e empréstimos, sendo um deles falsificando a assinatura do filho.

No dia 2 de junho, o pai internou o filho na Clínica Nosso Lar, ainda segundo mãe, à força e ela viajou de São Paulo a Campo Grande para retirá-lo do local.

O rapaz tentou voltar para casa e foi atingido com tiro no peito. A vítima foi socorrida, levada à Santa Casa e, posteriormente, transferida para clínica. O pai, autor do disparo, deixou o filho trancado dentro da casa e fugiu do local com um segurança após o crime, também de acordo com o relato de Alessandra à reportagem.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions