A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/03/2013 15:28

Suspeito preso na Vila Planalto confessa autoria de atentados

Nícholas Vasconcelos e Paula Maciulevicius
Caminhão foi o último alvo dos ataques deste sábado. (Foto: Simão Nogueira)Caminhão foi o último alvo dos ataques deste sábado. (Foto: Simão Nogueira)

O suspeito preso na tarde deste sábado (16) na Vila Planalto confessou a autoria dos atentados cometidos nesta semana em Campo Grande.

Informações apuradas pelo Campo Grande News dão conta de que o preso tem 30 anos e assumiu a responsabilidade pelos incêndios de hoje. Ele contou que usava um canivete para cortar a mangueira do combustível dos veículos. 

A Polícia ainda está em fase de apuração para saber se ele é o autor de todos os crimes, que começaram na quarta-feira (13). Até o momento, 17 veículos foram alvo dos ataques.

Ele foi preso na rua General Sampaio, próximo ao último incêndio na rua Antônio Francisco de Almeida, onde dois caminhões munk foram incendiados. 

O preso foi levado para o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros). Ele é morador de Campo Grande. Segundo as investigações preliminares, não tem ligação com a facção criminosa que atua dentro dos presídios e também a ligação com Policiais Militares.

A Polícia trata como distintos os atentados ocorridos na Capital da execução do policial militar Otacílio de Oliveira, 60 anos, morto em Três Lagoas no último dia seis deste mês.

Na tarde de hoje, quatro veículos foram incendiados na região da Vila Planalto. O primeiro alvo foi uma camionete, que vendia frutas na Praça Cabeça de Boi por volta de 12h30.

Um morador de rua, que dormia na cabine do veículo, foi levado para prestar depoimento como testemunha do ataque.

Ao lado da praça, na esquina da avenida Júlio de Castilhos e Orla Morena, uma picape Montana foi incendiada. Próximo dali, um ônibus de Tupi Paulista (SP) teve a mangueira de combustível cortada, mas não chegou a pegar fogo. 

Ataques – A onda de ataques começou na madrugada de quarta-feira (13), quando uma carreta que estava estacionada na Praça do Rádio Clube foi atacada. 

Na noite de quarta-feira, cinco carros que estavam estacionados próximos das Igrejas São José e Santo Antônio e na avenida Afonso Pena foram alvo dos bandidos. Eles tiveram as mangueiras de combustível cortadas e em seguida, incendiados.

Já na quinta-feira (14), duas motos que estavam estacionadas na esquina da rua 15 de Novembro com a Travessa do Padre, ao lado da Igreja Santo Antônio, tiveram as mangueiras de combustível cortadas.

Outras duas motos foram alvo dos ataques na noite de ontem. Uma delas estava estacionada na Travessa do Padre, no mesmo local da ocorrência na noite anterior, e outra em frente à Praça do Rádio Clube.

Neste sábado, mais quatro veículos foram alvo das ações criminosas durante a madrugada, uma delas uma camionete Toyota Hilux que estava estacionada no Jardim dos Estados ficou completamente destruída.

Na madrugada de hoje, um caminhão foi queimado na frente da delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia.

Mega operação - Desde as 4h30 da manhã, cerca de 20 delegados estão nas ruas e 25 mandados de busca e apreensões estão sendo cumpridos desde às 6h. Até o momento, três suspeitos foram presos.

Até o fim da manhã, a informação era de que três suspeitos já tinham sido presos: em Campo Grande, Três Lagoas e Corumbá. Como os mandados de busca estão sendo cumpridos nestas cidades, o número de detidos deve ser maior.



Quero deixar minha contribuição. Onde consta dois caminhões Munck, o correto é dois caminhões guindaulto. Munck é uma marca, assim como Bombril, xerox...
 
Fernando Lima em 18/03/2013 07:50:34
eu sou deste grande estado mas moro fora,mas acompanho sempre os acontecimentos no meu querido m-s,estou dando os parabens para as nossas policias militar e civil que ja prendeu 3 suspeitos,estou torseno para que nossos eficientes delegados com suas gloriosas equipes consiga por fim neste tormento tao perigoso, e isto ai policia eficiente tera bom resultado,deus vai iluminar nos policiais para que nada venha aconteçer com alguem deles.e que consiga trazer a paz novamente para a populaçao da noça capital morena.
 
jose rosa de oliveira em 17/03/2013 12:24:49
Com certeza tem algo nebuloso. Por que uma pessoa faria este estrago todo? Por diversão? Por que estava sentindo frio e queria se aquecer? Até concordo que a polícia aja assim para poder pegar o bando todo mas esta história não convence nem criancinha de colo. Isto não foi coisa de uma pessoa só e porque estava querendo se divertir! Não menosprezem a nossa inteligência.
 
Maria Aparecida Fraga Ferreira em 16/03/2013 17:20:55
E aí?, se foi este que foi detido mesmo o responsável pelos incêndios, o que ele disse do motivo destes atentados (???) - por que ele tava incendiando veículos?? A mando de quem? Na companhia de quem? Enfim, quais os detalhes????
 
Sergio Costa em 16/03/2013 17:11:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions