A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

15/08/2017 10:21

Suspeito se apresenta e confessa que tentou matar fiel da mesma igreja

Crime, segundo as investigações, foi premeditado por líder religioso e amante

Guilherme Henri e Yarima Mecchi
Suspeito se apresentou hoje. (Foto: Marcos Ermínio)Suspeito se apresentou hoje. (Foto: Marcos Ermínio)

Adriano Pacheco, 30 anos, se apresentou na manhã desta terça-feira (15), na 5ª DP (Delegacia de Polícia) e confessou ter tentado matar a tiros Lidio Sartorio Villalba, 46 anos. O crime aconteceu no dia 24 de julho, na avenida Presidente Ernesto Giesel, no  Jardim Nhanhá, em Campo Grande.

Segundo a Polícia Civil, Adriano é líder evangélico e fazia parte da mesma igreja que a vítima. Porém, há seis meses o atirador confesso se envolveu com a esposa de Lidio, que também fazia parte da mesma congregação.

Durante as investigações, os policiais apuraram que pelo celular o crime foi premeditado entre Adriano e a esposa da vítima. Contudo, na delegacia a mulher, que não quis se identificar nega participação no crime.

“Tentei terminar meu casamento com meu esposo e não sabia que Adriano faria algo assim”, declara.

Os dois são ouvidos pelo delegado Jairo Mendes e estão acompanhados de um advogado, que não quis falar com a imprensa.

Além de se entregar, Adriano também entregou a arma e os celulares usados no crime. Ainda segundo investigadores, ele e o casal não possuem passagens pela polícia.

Arma e celulares usados no crime foram entregues pelo atirador confesso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Arma e celulares usados no crime foram entregues pelo atirador confesso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Caso - Lidio e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado à Santa Casa. Conforme boletim de ocorrência, uma vizinha contou que ouviu três disparos de arma de fogo.

Em seguida, saiu de casa para ver o que havia acontecido e encontrou o homem caído na rua. Ao se aproximar, a mulher reconheceu a vítima como membro de sua igreja e acionou o socorro.

Na sequência, a mulher de Lídio também chegou ao local. Antes de ser baleado, o homem seguia em uma motocicleta Honda Biz, de cor preta.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions