ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Suspeitos de matar jovem em tabacaria são presos

No momento da prisão, os envolvidos apresentaram versões diferentes, acusando um ao outro

Por Bruna Marques e Antonio Bispo | 10/05/2024 11:34
Suspeitos foram levado para a Depac Centro por policiais militares (Foto: Antonio Bispo)
Suspeitos foram levado para a Depac Centro por policiais militares (Foto: Antonio Bispo)

Três homens suspeitos de matar a tiros o jovem identificado como Bruno Justino Campidelli, 24 anos, na manhã desta sexta-feira (10), na Avenida Manoel da Costa Lima, foram presos por policiais do 10º Batalhão da Polícia Militar. O jovem foi assassinado a 100 metros da tabacaria que frequentava durante a noite.

Até o momento, não há informações das circunstâncias em que os suspeitos foram localizados, mas os homens foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Com os suspeitos foram apreendidos um veículo VW Saveiro e um revólver calibre 38. Um dos criminosos usa tornozeleira eletrônica.

Durante as prisões, os suspeitos apresentaram versões diferentes, acusando um ao outro, mas ao que tudo indica, o crime ocorreu devido a uma briga entre os envolvidos e Bruno, dentro da tabacaria, por conta de uma mulher.

Bruno foi baleado em um local afastado da tabacaria, mas na mesma rua. Ele subiu pilotando uma moto na contramão da via e caiu na esquina da Rua Jatobá.

Tabacaria onde vítima e suspeitos brigaram (Foto: Henrique Kawaminami)
Tabacaria onde vítima e suspeitos brigaram (Foto: Henrique Kawaminami)

O caso - A vítima estava de moto e foi cercada pelos suspeitos que chegaram atirando. Bruno pilotava uma motocicleta, momento em que foi surpreendido pelos suspeitos, na esquina da Rua Jatobá. Até o momento, não há informação se os atiradores estavam a pé ou em algum veículo.

Bruno foi atingido por dois tiros, segundo o Corpo de Bombeiros que foi acionado para socorrê-lo. Além disso, a vítima tinha lesão no rosto que pode ter sido causada por queda ou agressão, mas só a perícia poderá afirmar a causa do machucado.

VW Saveiro apreendida com os suspeitos (Foto: Antonio Bispo)
VW Saveiro apreendida com os suspeitos (Foto: Antonio Bispo)

Segundo informado pelo Corpo de Bombeiros, familiares da vítima tiraram a moto do rapaz do local antes que a polícia chegasse. A Polícia Civil foi acionada para investigar os fatos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias