A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

05/12/2016 14:17

Suspensão de partos em dois hospitais aumenta demanda em até 67% no HU

As interrupções são no Hospital da Mulher, nas Moreninhas, e no Hospital Regional, no Bairro Aero Rancho. Ainda não há informações sobre o retorno dos procedimentos

Christiane Reis
Entrada do Hospital Universitário em Campo Grande. (Foto: Arquivo) Entrada do Hospital Universitário em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

A suspensão dos partos no HR (Hospital Regional), localizado no Bairro Aero Rancho, e no Hospital da Mulher, nas Moreninhas, causaram aumento de 30% nas consultas de urgência e de 67% nos procedimentos no Centro Obstétrico do Hospital Universitário nesse fim de semana.

Segundo o chefe do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do HU, Ricardo dos Santos Gomes, o local realiza média de 29 procedimentos por fim de semana. “Partos e curetagem são exemplos de procedimentos realizados”, detalhou.

Suspensão – A vigilância Sanitária determinou interdição do centro cirúrgico do Hospital da Mulher, por funcionar em condições insalubres, o que ocorreu na quinta-feira (1º). No dia seguinte, o HR teve de suspender os atendimentos na maternidade, porque uma médica do setor foi diagnosticada com catapora.

Ela foi afastada das funções, mas por medidas de segurança, para que os recém-nascidos não contraiam a doença, novos atendimentos foram interrompidos.

As crianças da unidade intermediária da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) Neonatal foram colocados em isolamento. O fechamento da maternidade é temporário, mas ainda não há previsão de quando partos voltam a serem feitos no hospital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions