A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

30/04/2019 09:36

Telefone dispara no CCZ após comunicado sobre morcego com raiva viralizar

Coordenadora diz que informação circulou distorcida. Órgão imunizou 233 animais após morcego encontrado com raiva

Ronie Cruz
CCZ fez reforço vacinal em 233 animais no bairro onde morcego com raiva foi localizado (Foto: Arquivo/PMCG)CCZ fez reforço vacinal em 233 animais no bairro onde morcego com raiva foi localizado (Foto: Arquivo/PMCG)

Após viralizar no Whatsapp a foto de um panfleto sobre a localização de um morcego infectado com raiva no bairro Vilas Boas, o número de ligações para o telefone do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) aumentou até 20%, conforme a coordenadora do órgão e médica veterinária Iara Domingues. Ela atribui o aumento à forma distorcida como a informação circulou em Campo Grande.

O comunicado que circula no aplicativo de mensagens é verdadeiro e foi deixado pelo CCZ em imóveis fechados na região onde o morcego com raiva foi encontrado. O panfleto informa as instruções sobre como o morador deve proceder para conseguir a imunização no CCZ.

“Há uma desinformação nesse caso porque viralizou criando pânico pelo Whats. Da forma como estão compartilhando a pessoa acha que o morcego está ao lado da casa dela. Mas alguém viu o comunicado, fotografou e compartilhou de forma distorcida”, comenta.

Mesmo com o pânico instalado pela mensagem, Iara considera positivo o aumento na procura pelo CCZ, pois o órgão tem aproveitado para orientar as pessoas sobre como proteger animais domésticos. “Não é uma coisa para desespero. Mas entrou um morcego dentro de casa corre e liga pro CCZ. Além disso, também preciso manter o animal de estimação com a vacinação em dia”, alertou a coordenadora.

De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), em 2018 foram registrados sete casos positivos e raiva em morcegos. Em 2019, foram três até o momento (Vila Rosa Pires, Vila Ipiranga e Vilas Boas). No último foco registrado no bairro Vilas Boas, foram visitados 996 imóveis e feito o reforço vacinal em 233 animais entre os dias 25 e 26 de abril.

“A raiva do morcego é diferente porque é muito recatada. Ela não é uma raiva que dissemina rapidamente. Ela vem do morcego que suga sangue do boi. É a raiva rural. Mas de qualquer forma a gente faz a vigilância para evitar a disseminação”, explicou a médica veterinária.

Apesar desta terceira ocorrência de morcego infectado, a Sesau confirma que "não há motivo para pânico". Mas as pessoas devem se atentar às recomendações, principalmente quanto ao manejo de morcegos encontrados mortos ou debilitados.

Tantos os moradores quanto animais de estimação, não devem entrar em contato com os morcegos e o órgão deve ser acionado imediatamente para recolher o animal.

Atendimento - O CCZ está localizado na Avenida Filinto Muller, 1601 na Vila Ipiranga. Os telefones de atendimento são (67) 3313-5000 e (67) 3313 5001. Os donos podem levar os pets para vacinação das 07h às 21h.

Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions