A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

25/11/2016 17:59

Temporal derruba 9 graus em menos de 1 hora e traz ventos de até 70 km/h

Luana Rodrigues
Nível do córrego Prosa subiu rápido. (Foto: Marcos Ermínio)Nível do córrego Prosa subiu rápido. (Foto: Marcos Ermínio)
Temporal na Rua Paraíba. (Foto: Marcos Ermínio)Temporal na Rua Paraíba. (Foto: Marcos Ermínio)
Na Rua dona Levinda Ferreira, entre a sete de setembro e a Avenida Ricardo Brandão, um galho de árvore caiu devido ao vento forte e acabou atrapalhando o trânsito. (Foto: Marcos Ermínio)Na Rua dona Levinda Ferreira, entre a sete de setembro e a Avenida Ricardo Brandão, um galho de árvore caiu devido ao vento forte e acabou atrapalhando o trânsito. (Foto: Marcos Ermínio)

A chuva de 36 milímetros que caiu em Campo Grande na tarde desta sexta-feira (25), alagou ruas e avenidas e derrubou árvores. Com ventos de até 70 quilômetros, o temporal também derrubou a temperatura em nove graus, em pouco mais de meia hora.

Conforme o meteorologista da Uniderp, Natálio Abrão, das 16h30 até às 17h10, momento em que houve a chuva mais forte, a temperatura caiu de 31,°C para 22,2°C. Também houve ventania e os ventos ultrapassaram os 70 quilômetros/h.

Em 40 minutos, choveu 36 milímetros, o que deixou a Avenida Manoel da Costa Lima alagada. O mesmo aconteceu na Avenida Salgado Filho.

Na Rua da Divisão, a enxurrada também tomou conta da via, moradores reclamaram ao Campo Grande News que não é a primeira vez que acontece. 

No bairro Coronel Antonino, uma árvore caiu sobre a fiação, o que interrompeu o fornecimento de energia. O mesmo ocorreu no Guanandi.

A Energisa, concessionária responsável pelo fornecimento de energia, disse que já está com equipes nas ruas para resolver o problema, no entanto, não soube informar em quantos bairros ocorreu o problema.

Também houve quedas de árvores na Vila Carlota. Até o fechamento desta reportagem, o Corpo de Bombeiros também não tinha um levantamento sobre queda de árvores na cidade.

Temporal - A região oeste da Capital foi onde o temporal demorou mais para chegar, mesmo assim, houve registro de chuva no local.

No Centro, Monte Castelo, Vila Célia e região, a chuva já começou forte. Segundo moradores, em menos de 20 minutos de queda d’água, as ruas já estavam alagadas.

No Parque dos Poderes, jardim Novos Estado e Autonomista, também houve temporal, segundo relatos de leitores. Choveu forte com ventania nas Moreninhas e bairros adjacentes, região sul da cidade.

A região Norte da cidade é outra afetada. Conforme moradores, no Nova Lima, bairro onde uma cratera se abriu no último temporal na cidade, em dez minutos de chuvas as ruas estavam tomadas pela enxurrada.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions