A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/06/2011 18:07

Terreno ao lado da Escola Estadual Hercules Maymone é limpo em Campo Grande

Ana Paula Carvalho
Terreno ao lado de escola foi limpo e patrolado. (Foto: Simão Nogueira)Terreno ao lado de escola foi limpo e patrolado. (Foto: Simão Nogueira)

Quem passava pela rua Joaquim Murtinho estava acostumado com uma estranha paisagem. Ao lado da Escola Estadual Hercules Maymone, um “terrenão” de propriedade do Governo do Estado estava tomado pelo mato.

Hoje, o cenário mudou. O matagal foi cortado e retirado; o terreno foi patrolado. Segundo a assessoria de comunicação do Governo, mesmo o local sendo deles, a limpeza foi feita pela prefeitura.

O mato ultrapassava os muros da escola, mas mesmo assim, as pessoas não jogavam lixo e entulho por lá. Diferente do que acontece em muitas regiões da Capital.

O problema perdurava por pelo menos 10 anos. Tempo que a diretora Dorisley Vieira Nogueira trabalha no Hércules. Segunda ela, a limpeza será muito boa para a escola, afinal o terreno fica ao lado.

São 1.200 alunos nos períodos manhã, tarde e noite. A escuridão por conta da falta de cuidado com o terreno deixava a passagem por ali, um tanto quanto perigosa, principalmente para quem estuda a noite.

Mas não eram apenas os estudantes que tinham que conviver com isso. Em frente ao local, foi construído o ponto de Integração Hércules Maymone que também atende moradores da região.

Teve até quem não tenha reparado na mudança. O mototaxista Valter Quevedo trabalha do outro lado da rua há oito anos. Quando questionado pelo Campo Grande News, ele disse que nem tinha visto. Deu uma olhada e na hora elogiou. “Ficou muito bom. Antes era perigoso até para nós que ficamos a noite”, diz.

Tanto a governadoria, quanto a prefeitura não souberam precisar quanto de mato foi retirado do local, por não se tratar de lixo e entulho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions